terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Cenário 28/01/2020

A Boeing saudou em comunicado nesta segunda-feira a aprovação da aquisição da Embraer pela Boeing pela Superintendência Geral do Conselho de Administração em Defesa Econômica (Cade) no Brasil.

A liberação já foi concedida no Brasil, Estados Unidos, China, Japão, África do Sul, Montenegro, Colômbia e Quênia, segundo a Boeing. A Boeing e a Embraer estão em discussão com a Comissão Europeia, órgão executivo da União Europeia (UE), desde o final de 2018. "Estamos engajados produtivamente com a Comissão para demonstrar a natureza pró-competitiva de nossa parceria planejada, e esperamos um resultado positivo", disse Allen.

A Cielo, controlada por Bradesco e Banco do Brasil, teve lucro líquido de R$ 242,4 milhões no quarto trimestre deste ano, queda de 68% na comparação com o mesmo período de 2018, de R$ 757,7 milhões, considerando o conceito Cosif, critério exigido a empresas reguladas pelo Banco Central. Ante o trimestre anterior, foi visto recuo de 32,3%.

A geração de caixa medida pelo Ebitda da Cielo somou R$ 680,3 milhões no quarto trimestre, baixa de 37,8% em um ano, de R$ 1,094 bilhão. Na comparação com os três meses anteriores, foi vista redução de 6,1%.

Já sua receita operacional líquida foi a R$ 2,975 bilhões de outubro a dezembro, recuo de 1,2% em um ano, quando estava em R$ 3,011 bilhões. Ante o terceiro trimestre, entretanto, subiu 6,3%.

Tal desempenho, explica a Cielo em relatório que acompanha suas demonstrações financeiras, reflete a adequação na precificação da companhia em face da intensificação do ambiente competitivo. Foi, contudo, parcialmente compensado, segundo a empresa, pelo aumento do volume na comparação dos períodos e pela maior demanda no pagamento em dois dias.

A China decidiu adiar a reabertura de seus mercados acionários para segunda-feira (03), como parte de esforços de Pequim para conter a epidemia de coronavírus iniciada na cidade de Wuhan, na região central do país.

Originalmente, os negócios nas bolsas de Xangai e de Shenzhen - que divulgaram comunicados separados sobre o adiamento -, seriam retomados na sexta-feira (31).
A chefe-executiva de Hong Kong, Carrie Lam, anunciou hoje que o território vai suspender a emissão de vistos de viagem para turistas da China em meio a preocupações com a disseminação do surto de coronavírus iniciado na cidade chinesa de Wuhan.

O governo de Hong Kong também decidiu suspender os serviços ferroviário de alta velocidade e de balsas entre o território e a China continental e cortou pela metade os voos provenientes de aeroportos chineses.

Mais cedo, a Bolsa de Hong Kong anunciou que voltará a operar nesta quarta-feira (29), como estava previsto, após permanecer fechada por alguns dias em função do feriado do ano-novo chinês.

A Caixa Seguridade Participações divulga na próxima quinta-feira, dia 30, os resultados do quarto trimestre de 2019, após o fechamento do mercado. No dia 31, a empresa realiza teleconferência sobre os resultados, às 11h (de Brasília), em português com tradução simultânea para o inglês.

Prevista para abril, a abertura de capital da Caixa Seguridade, que concentra os negócios de seguros do banco, é a principal carta na manga da Caixa Econômica Federal. A expectativa é listar a empresa na B3 com um valor entre R$ 50 bilhões e R$ 60 bilhões. Se vender 25% da companhia, já arrecadará R$ 15 bilhões, o que representaria, em uma única tacada, tudo o que vendeu no ano passado.

O Índice de Confiança da Construção (ICST) subiu 2,1 pontos em janeiro, para 94,2, informou há pouco a Fundação Getulio Vargas (FGV). É a quarta alta consecutiva do indicador, que atingiu o maior nível desde maio de 2014, quando marcava 94,6 pontos.

Em médias móveis trimestrais, o ICST teve a oitava alta consecutiva, passando dos 89,9 pontos de dezembro para 91,9 pontos.

Entre os componentes, o Índice de Situação Atual (ISA-CST) avançou pela oitava vez, de 82,6 para 84,3 pontos, puxado por um crescimento de 2,2 pontos da carteira de contratos, para 82,2.

Já o Índice de Expectativas (IE-CST) alcançou 104,2 pontos, maior valor desde setembro de 2012 (104,5). O destaque foi o comportamento de demanda prevista nos próximos três meses, que subiu 2,6 pontos e alcançou os 105,2 pontos.

Ontem tivemos um cisne cinza no IBOV, a maior queda em 10 meses.

Isso está longe se ser normal, correção dentro da pernada de alta ou baixa saudável.

O mercado doméstico entrou em pânico, soltaram-se alguns parafusos e vimos como os institucionais são passionais, gerando movimentos eufóricos e dramáticos na mesma proporção.

Isso corrobora as minhas teorias de manejo de risco (alavancagem) e de não comprar perto de máximas, teoricamente seguindo a tendência, na prática sendo o pato.

O que eu acho do pregão de ontem?

R: no caos estão as oportunidades.

Rumo aos 120K.


Um ótimo pregão.

Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan
Diretor da TopTraders
contato@toptraders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário