quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Cenário 26/12/2019

A sanção pelo presidente Jair Bolsonaro do projeto de lei anticrime com a manutenção do dispositivo que institui o juiz de garantias alçou a hashtag "#BolsonaroTraidor" ao primeiro lugar dos trending topics do Twitter no Brasil nesta quarta-feira de Natal. Houve até uma previsão de que essa medida afastará de um eventual julgamento o magistrado que está à frente da apuração da suposta prática de "rachadinha" no gabinete do hoje senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ) durante seus mandatos na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

Foi do youtuber Nando Moura - conhecido por, ao menos até então, apoiar posições e políticas de Bolsonaro - que partiu o apelo para "subir" a hashtag que acusa o presidente de "trair" o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e "todo o povo brasileiro". O veto à figura do juiz de garantias foi incluído no texto por uma emenda que tem como um dos autores o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ).

Uma das publicações de Moura chegou a ser replicada pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, que está de férias, mas depois apagou o retuíte. "Estou em viagem, em um navio, com internet intermitente. Fico horas sem internet. Dei RT sem querer em um post. Evidentemente que foi um erro", explicou-se na sequência.

Também no Twitter, o procurador Hélio Telho, do Ministério Público Federal de Goiás (MPF-GO), escreveu mais cedo que a criação do juiz de garantias "impedirá o juiz que autorizou a quebra de sigilo do senador Flávio Bolsonaro de conduzir e de julgar o processo do rumoroso caso das rachadinhas (caso Queiroz)". Trata-se do juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau. Na última sexta-feira, o presidente Bolsonaro acusou o Ministério Público do Rio de proteger o governador Wilson Witzel (PSC) e afirmou que, “pelo que parece”, uma filha de Itabaiana é funcionária “fantasma” do governo fluminense.

Segundo o texto sancionado por Bolsonaro, o juiz de garantias fica responsável pela fase de investigação de um caso, cabendo a ele, por exemplo, autorizar a adoção de medidas cautelares, como prisões preventivas e operações de busca e apreensão, e até aceitar eventual denúncia de órgãos investigativos. Conduzir a fase do processo será atribuição de um magistrado separado. Telho já havia alertado, em entrevista ao Broadcast Político, sobre como esse trecho do pacote anticrime poderia afastar de julgamentos da Lava Jato o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), e o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro.

As últimas estimativas do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) feitas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) dão conta de que está praticamente garantido, em 2019, um novo recorde. A previsão é da criação de um valor de R$ 616,97 bilhões no ano, meio bilhão de reais acima da cifra de 2017, que marcou o recorde anterior.

A contribuição das commodities agrícolas, cujas cotações foram muito voláteis, foi menor que a dos itens proteicos, mais demandados no exterior, em especial, pela China.

Os indicadores reforçam a percepção da importância da produção agropecuária para a economia. O porcentual de aumento estimado para o setor pelos técnicos do Mapa - 2,1% entre 2018 e 2019 - é superior aos das previsões para a alta do PIB, de 1,2%.

Em nota técnica do Departamento de Financiamento e Informação, da Secretaria de Política Agrícola do Mapa, as explicações para a alta são claras: "O mercado internacional favorável, onde os preços das carnes, principalmente de frango e de suínos, situaram-se em níveis maiores, e as quantidades exportadas fizeram que os resultados atingissem posições favoráveis ao setor em 2019". Na pecuária, por exemplo, "apenas o leite teve queda de valor, 2,1%".

A demanda interna dos itens proteicos costuma ser forte nos fins de ano e já provocou efeitos colaterais. Os preços da carne foram decisivos para a inflação medida tanto pelo IGP-M da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que superou 2%, como pelo IPCA-15 do IBGE. O Relatório de Inflação do Banco Central prevê níveis mais elevados de IPCA em dezembro e janeiro, sob influência da elevação dos preços das proteínas.

A situação só não é mais grave para os preços porque há oferta de carnes, graças à produção elevada. Porcentualmente, os maiores crescimentos vieram do valor das safras de frangos (+13,1) e de suínos (+12,5%), mas, em termos relativos, o valor da produção de bovinos é mais importante e deverá atingir R$ 96 bilhões (+5,1%).

Os mercados acionários da Ásia fecharam na maioria com ganhos, nesta quinta-feira. O dia, porém, voltou a ser de volumes reduzidos, em semana atípica por causa do feriado do Natal. A Bolsa de Hong Kong nem abriu hoje por um feriado local, o que ocorreu também na Oceania, na Bolsa de Sydney, na Austrália.

O comércio internacional seguiu no radar dos investidores. Ontem, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que haverá uma cerimônia para a assinatura da fase 1 do acordo comercial com Pequim, o que segundo ele deve ocorrer rápido. "O acordo está feito, está sendo traduzido no momento", comentou. Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês disse que os dois governos estão em contato próximo para a assinatura do pacto.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou em alta de 0,85%, em 3.007,35 pontos. A Bolsa de Shenzhen, de menor abrangência, teve ganho de 0,72%, a 1.788,23 pontos. Xangai chegou a abrir em baixa, mas ganhou força ao longo do pregão.

Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,60%, a 23.924,92 pontos. O setor de eletrônicos puxou o mercado japonês para cima. A fabricante de partes de eletrônicos Murata Manufacturing teve ganho de 2,9%, enquanto a fabricante de robôs industriais Yaskawa Electric subiu 1,9%.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi subiu 0,36%, a 2.197,93 pontos. Na Bolsa de Seul, os eletrônicos também lideraram os ganhos, retomando o impulso após recuo mais cedo nesta semana. Samsung Electro-Mechanics subiu 1,7%, LG Display avançou 1,3% e SK Hynix, 1,1%. O setor financeiro subiu em sua maioria, como Hana Financial (+1,1%) e Industrial Bank of Korea (+0,8%).

O Banco Pan informou que o Banco BTG Pactual alienou 61.265.444 ações ordinárias e 40.117.307 ações preferenciais de emissão
da companhia, passando a deter 334.130.637 ações ordinárias e 142.149.018 ações preferenciais, representando 41,7% do total do capital social. No dia 4 de dezembro, a posição acionária do BTG Pactual no Banco Pan estava em 50,59%.

O Índice de Confiança do Comércio (Icom) subiu 0,3 ponto na passagem de novembro para dezembro, para 98,1 pontos, informou há pouco a Fundação Getulio Vargas (FGV).

No índice de médias móveis trimestrais, o indicador subiu 0,3 pontos em dezembro, após uma queda em novembro.

Em dezembro, o Índice de Situação Atual (ISA-COM) subiu 0,9 ponto, para 95,8 pontos, maior patamar desde dezembro de 2018, quando estava em 97,1 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE-COM) recuou 0,4 ponto, no terceiro mês de quedas consecutivas, para 100,5 pontos. Apesar dos recuos recentes, o IE-COM se mantém acima do nível neutro de 100 pontos desde julho de 2019.

A coleta de dados para a edição de dezembro da Sondagem do Comércio foi realizada entre os dias 2 e 20 do mês e obteve informações de 805 empresas.

A Vale anunciou a conclusão de uma nova linha sindicalizada de crédito rotativo no valor de US$ 3 bilhões, com prazo de cinco anos, como forma de fonte adicional de liquidez que poderá ser utilizada pela Vale e algumas de suas subsidiárias "em qualquer momento da vida útil do instrumento".

A linha de crédito rotativo foi contratada junto a um sindicato composto por 16 bancos globais, liderados por Citigroup, Crédit Agricole, MUFG e Sumitomo Mitsui Banking Corporation. Fazem parte também deste sindicato Bank of China, Bank of Montreal, Mizuho, The Bank of Nova Scotia, JP Morgan, Royal Bank of Canada, HSBC, The Toronto-Dominion Bank, Bank of America, Barclays, Standard Chartered e Banco do Brasil.

O gráfico diário do IBOV mostra a tendência "falando" mais alto, mesmo com o benchmark esticado e distante da média móvel de 21 períodos.

Vale destacar que a média móvel de 5 períodos tem sido suporte imediato desde o início dessa escalada, o que ocorreu no final de novembro.

Mesmo aos trancos e barrancos o mercado vai subindo, sem sinal de topo.


Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan
Diretor da TopTraders
contato@toptraders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário