quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Cenário 27/11/2019

O lucro das grandes empresas industriais da China caiu 9,9% em outubro, na comparação anual, após ter recuado 5,3% em setembro, informou nesta terça-feira o Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês).

Ao longo dos dez primeiros meses do ano, o lucro industrial chinês caiu 2,9% em relação ao mesmo período de 2018.

A Black Friday, programada para a sexta-feira, 29, no varejo de todo o País, foi adiantada no Congresso para esta quarta-feira, 27. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), pautou para as 10 horas uma sessão conjunta de deputados e senadores para apreciar 11 vetos presidenciais e 24 projetos que abrem crédito extra no Orçamento.

A análise dos projetos estava sendo adiada em meio a uma insatisfação de parlamentares com a liberação de emendas prometidas pelo governo na votação da reforma da Previdência. A gestão Bolsonaro pretende liquidar todas as votações nesta quarta. "Vai ser a Black Friday", disse o líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO).

Entre as propostas, os parlamentares analisam os vetos do presidente Jair Bolsonaro à minirreforma eleitoral, aprovada pela Câmara em setembro. Pelo menos seis vetos à proposta devem ser derrubados. Dos pontos que podem ser retomados pelos congressistas, está o que abre brecha para um aumento do fundo eleitoral a critério dos parlamentares.

O Congresso precisa limpar a pauta para votar o Orçamento de 2020. Os deputados e senadores correm para aprovar a proposta e permitir a destinação de emendas parlamentares diretamente para Estados e municípios no ano que vem, sem vinculação com programas federais, conforme antecipado pelo Broadcast Político.

Mais cedo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou a líderes partidários que, a partir de semana que vem, haverá votações às segundas-feiras para limpar a pauta do Legislativo.

Para esta quarta, Alcolumbre determinou o cancelamento de todas as comissões na Câmara e no Senado enquanto durar a sessão conjunta do Congresso Nacional.

No Senado, uma sessão será realizará nesta quarta após a do Congresso. Os senadores deverão votar a medida provisória do programa Médicos pelo Brasil, que foi discutida na Câmara nesta terça-feira, 26. Se a votação não for concluída, a MP caduca na sexta, impossibilitando o lançamento do edital elaborado pelo governo.

Após o estresse de ontem com a escalada do dólar para perto de R$ 4,28, as atenções nesta quarta-feira seguem no câmbio e na possibilidade de mais atuações extraordinárias do Banco Central. O presidente do BC, Roberto Campos Neto, já avisou que se entender que “o câmbio está disfuncional, voltaremos a intervir”. 

Ontem, a autoridade monetária fez dois leilões de venda à vista de dólares, que não estavam programados, e o dólar à vista acabou fechando em R$ 4,240. A necessidade de acalmar o mercado e conter a desvalorização do real veio depois de o ministro da Economia, Paulo Guedes, dizer um dia antes não estar preocupado com o dólar acima de R$ 4,20 e que seria "bom se acostumar com o câmbio mais alto e juro mais baixo por um bom tempo”. 

Por enquanto estão mantidas as três operações cambiais que vem ocorrendo diariamente, de venda à vista de dólares, venda de contratos de swap cambial reverso e venda de contratos de swap cambial tradicional. A véspera do feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos e a agenda local fraca podem amenizar os movimentos dos ativos e deve já começar a reduzir a liquidez nos mercados em geral. No exterior, os mercados mostram bom humor diante de sinais de que possa haver um desfecho positivo nas negociações comerciais entre Estados Unidos e China. O presidente dos EUA, Donald Trump, disse ontem que Washington e Pequim estão próximos de selar um acordo comercial preliminar. 

Na agenda internacional, os destaques são o Livro Bege e a segunda leitura do PIB do 3º trimestre dos EUA. No Congresso Nacional, o dia será movimentado. 

No radar hoje está ainda o Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), que pode anular a sentença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do sítio de Atibaia ou manter a condenação de 12 anos e 11 meses de prisão. Ontem o vice-presidente do TRF-4, desembargador Luís Alberto d’Azevedo Aurvalle, suspendeu a súmula que previa aos juízes do Sul do País a possibilidade de determinar a execução de pena após condenação em segunda instância. A decisão ainda será referendada pelo colegiado do tribunal.

A Gerdau anuncia a compra da Silat. A operação se deu por meio de sua controlada Gerdau Aços Longos em acordo com a Hierros Añón, S.A. e Gallega de Mallas, S.L.

A companhia pagará pela fatia de 96,35% das ações da siderúrgica localizada em Caucaia, região
metropolitana de Fortaleza (CE), o valor de US$ 110,8 milhões, sujeito a ajustes. A Silat (Siderúrgica Latino-Americana S.A.) tem capacidade instalada de 600 mil toneladas de laminação.

"Essa aquisição faz parte da estratégia da Gerdau de atender cada vez melhor seus clientes no mercado brasileiro", diz em comunicado, há pouco.

A conclusão da transação está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e outras condições.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao, na China, fechou em baixa de 1,95% nesta quarta-feira, a segunda queda forte consecutiva, cotado a US$ 87,56 a tonelada.

Já o contrato futuro do minério de ferro para janeiro negociados na bolsa de Dalian caiu 2,14%, cotado a US$ 91,33.

Segundo especialista do mercado, a retração reflete a baixa de 9,9% no lucro das grandes empresas industriais da China em outubro, na comparação anual, após ter recuado 5,3% em setembro, atingindo o menor nível em oito meses, pressionado pela queda nos preços e exportações de produtos.

O gráfico diário do IBOV mostra o benchmark operando sobre a média móvel de 21 períodos, região também da retração de 50% de Fibonacci entre o fundo duplo e o topo mais recente.

No meu entendimento, somente acima do eixo do "W" (107.520 poderemos ter confiança na alta, caso contrário ficará mais para voo de galinha.

Destaque para a média móvel de 5 períodos, que está colada com o eixo supra citado.


Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan
Diretor da TopTraders
contato@toptraders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário