sexta-feira, 4 de outubro de 2019

CENÁRIO 04/10/19

A União Europeia deu ao primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, o prazo de uma semana para melhorar sua última proposta de Brexit. Em reunião privada com graduados diplomatas europeus, o principal negociador da UE para o Brexit, Michel Barnier, disse que a última oferta de Johnson - que inclui planos sobre como lidar com a fronteira da Irlanda após o Brexit - está bem distante das condições para o fechamento de um acordo, segundo três fontes.

O Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira publica a Lei 13.879/2019, que altera o marco legal das telecomunicações do País. O texto foi sancionado ontem pelo presidente Jair Bolsonaro sem vetos, conforme o Broadcast antecipou com fontes.

A nova lei altera o modelo das concessões de telefonia fixa para o regime de autorização, retirando uma série de obrigações impostas às operadoras. A medida, que é resultado de projeto de lei aprovado pelo Congresso, é considerada fundamental para retomada da viabilidade da operadora Oi, que segue em um longo processo de recuperação judicial.

O presidente Jair Bolsonaro evitou comentar as discussões sobre a eventual divisão do dinheiro do pré-sal com deputados e senadores. "Isso está com o Paulo Guedes [ministro da Economia] e com o [ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo] Ramos", respondeu o presidente a jornalistas na saída do Palácio da Alvorada, pela manhã.

Como mostrou o Estadão/Broadcast ontem, o governo propôs a divisão do dinheiro do pré-sal também com senadores e deputados por meio do aumento de recursos para emendas parlamentares. Com a proposta, a parte dos recursos arrecadados no futuro com a exploração do pré-sal que seria partilhada com Estados municípios passaria a ser redistribuída também com os parlamentares (senadores e deputados). Um terço cada uma das partes.

Segundo uma fonte do governo, a ideia é que a proposta seja aplicada para os recursos que o governo vai arrecadar no megaleilão do pré-sal da chamada cessão onerosa. Dessa forma, Estados, municípios e emendas parlamentares ficariam cada um com 10% (R$ 7,3%) dos R$ 106,6 bilhões que serão arrecadados com o leilão, marcado para o dia 6 de novembro.

A partilha acordada inicialmente na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata do assunto era de 15% para Estados e 15% municípios. Mas uma guerra entre Senado, Câmara, governadores e prefeitos se instalou em torno dos recursos do leilão.

Os Estados Unidos criaram 136 mil empregos em setembro, segundo dados com ajustes sazonais publicados hoje pelo Departamento do Trabalho.

Já a taxa de desemprego caiu de 3,7% em agosto para 3,5% em setembro, atingindo o menor nível desde dezembro de 1969. A projeção do mercado era de manutenção da taxa em 3,7%.

O número combinado de criação de postos de trabalho de agosto e julho foi revisado para cima, em 45 mil postos.

O salário médio por hora dos trabalhadores caiu 0,04% em setembro ante agosto, ou US$ 0,01, para US$ 28,09 por hora. Na comparação anual, o aumento foi de 2,9%. As previsões eram de ganho mensal de 0,20% e de acréscimo anual de 3,2%.

A fatia da população dos EUA que participa da força de trabalho ficou inalterada em setembro ante o mês anterior, em 63,2%.

O déficit comercial dos Estados Unidos aumentou 1,6% em agosto ante o mês anterior, a US$ 54,9 bilhões, segundo dados com ajustes sazonais publicados hoje pelo Departamento do Comércio americano. Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam déficit comercial menor em agosto, de US$ 54,5 bilhões.

O saldo negativo da balança de julho foi ligeiramente revisado para cima, de US$ 53,99 bilhões para US$ 54,04 bilhões.

As exportações dos EUA subiram 0,2% na comparação mensal de agosto, a US$ 207,87 bilhões, enquanto as importações cresceram 0,5%, a US$ 262,76 bilhões.

Apenas com a China, os EUA tiveram déficit comercial US$ 28,9 bilhões no segmento de bens em agosto, US$ 700 milhões menor do que o de julho. Já nas trocas comerciais de bens com o Brasil, os EUA registraram superávit de US$ 1,4 bilhão em agosto.

O IBOV tem um martelo no diário, clássico e sem ressalvas: longa sombra inferior, bom volume, corpo discreto e verde.

O acionamento ocorrerá se romper e consolidar-se sobre 101.560.

Bons negócios!



Wagner Caetano, para o Cartezyan
Diretor da TopTraders
contato@toptraders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário