quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Cenário 21/08/2019

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam sem direção única e com variações modestas nesta quarta-feira, à medida que o sentimento de cautela predominou antes de o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) publicar sua ata de política monetária e iniciar o simpósio anual em Jackson Hole.

A ata do Fed será divulgada na tarde de hoje. No documento, o BC americano deverá sinalizar se pretende ou não continuar reduzindo juros, como fez na reunião do fim de julho. No início da semana, o presidente dos EUA, Donald Trump, voltou a fazer pressão e defender que o Fed corte seus juros em "pelo menos" um ponto porcentual num curto período de tempo.

Já o simpósio de Jackson Hole, em Wyoming (EUA), começa amanhã e terá discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, na sexta-feira (23).

O desempenho morno dos mercados na Ásia veio também após um pregão negativo das bolsas de Nova York, que ontem caíram em meio a temores de que a economia global esteja caminhando para uma recessão, em parte como resultado da prolongada disputa comercial entre EUA e China, e na expectativa para a ata e o evento do Fed.

No Japão, o índice Nikkei terminou o dia em baixa de 0,28%, a 20.618,57 pontos, pressionado por ações de bancos e do setor de eletrônicos.

Já os mercados chineses ficaram perto da estabilidade. O índice Xangai Composto teve alta marginal de 0,01%, a 2.880,33 pontos, mas o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,09%, a 1.572,62 pontos.

Uma pesquisa publicada hoje revela que a maioria dos britânicos quer ser consultada sobre qualquer definição de um acordo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), o chamado Brexit. O levantamento feito pela Kantar, uma empresa de pesquisas de Londres mas com atuação em todo o mundo - inclusive no Brasil - apontou que 52% dos entrevistados apoiam uma consulta pública sobre o acerto entre as partes. A sondagem também mostra que 29% se opõem à realização de um plebiscito e que 19% disseram que não sabiam opinar.

A pesquisa foi divulgada a pouco mais de dois meses para a data limite da concretização do Brexit, uma novela arrastada e tumultuada que vem sendo protagonizada pelo Reino Unido desde 2016. Hoje, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, faz sua primeira viagem internacional como premiê para buscar apoio a um acordo até 31 de outubro com a chanceler alemã, Angela Merkel. Foi em junho de 2016 que 52% da população do Reino Unido decidiu (contra 48%) que o país deveria se divorciar do bloco comum. Apesar de Johnson ser uma figura polêmica mesmo entre os conservadores, a pesquisa da Kantar revelou que o partido tem vantagem considerável (42%) sobre os Trabalhistas (28%), principal opositor ao governo.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse na noite desta terça-feira, 20, que saiu positivamente surpreso de conversa que teve mais cedo com lideranças do Senado em relação a prazos para a reforma tributária e para a proposta de pacto federativo.

Guedes contou que chegou para a reunião com uma previsão de que a reforma tributária levasse de cinco a seis meses para ser votada e que o pacto levaria de oito meses a um ano. No entanto, os senadores lhe disseram esperar concluir tudo em dois a três meses. "Eu saí de lá assobiando", afirmou o ministro. "Foi uma conversa extraordinariamente positiva."

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta, 21, a 63ª. fase da Operação Lava Jato, chamada Carbonara Chimica, para investigar a suspeita de pagamentos periódicos indevidos a dois ex-Ministros de Estado por parte da Odebrecht. A ação apura crimes de corrupção ativa e passiva, além de lavagem de capitais.

Cerca de 40 Policiais Federais cumprem 2 mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão em São Paulo e na Bahia. Os mandados foram expedidos pela 13ª. Vara Federal de Curitiba (PR).

A justiça determinou ainda o bloqueio de R$ 555 milhões dos investigados.

Segundo a PF, o pagamento da propina tinha como objetivo, entre outras coisas, a aprovação de Medidas Provisórias que instituiriam um novo refinanciamento de dívidas fiscais e permitiriam a utilização de prejuízos fiscais das empresas como forma de pagamento (Refis da Crise - MPs 470/2009 e 472/2009).

Os valores eram contabilizados em uma planilha denominada 'Programa Especial Italiano'.

A agenda de indicadores e eventos de quarta-feira (21) tem como destaque o início dos leilões diários do Banco Central de venda de até US$ 550 milhões dólares à vista conjugados com a oferta de contratos de swap cambial reverso, que serão realizados até o dia 29 de agosto.

O gráfico diário do IBOV apresenta um sinal de fundo interessante: martelo clássico, com corpo discreto e longa sombra inferior.

Vale destacar que fechou dentro da banda de bollinger.

Provavelmente teremos o rompimento de 99.630 logo na abertura, com base no índice futuro e mercado externo.

O desafio será manter-se e fechar acima desse patamar.

Naturalmente, se isso ocorrer deverá acionar o martelo, cuja máxima é 99.665.

Também é possível esboçar um fundo duplo no benchmark.

Bons negócios!

Um excelente dia.


Wagner Caetano, para o Cartezyan
Diretor da TopTraders
contato@toptraders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário