terça-feira, 23 de julho de 2019

CENÁRIO 23/07/19

Os mercados acionários asiáticos encerraram a sessão desta terça-feira em alta, ainda apoiados pela expectativa dos agentes por movimentos de maior afrouxamento monetário por parte de grandes bancos centrais e à espera de uma nova rodada de negociações comerciais entre Estados Unidos e China na próxima semana.

De acordo com o jornal South China Morning Post, o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, e o representante comercial americano, Robert Lighthizer, irão a Pequim na próxima semana, onde se reunirão com o vice-primeiro-ministro chinês Liu He para uma nova rodada de negociações entre os dois países - a primeira desde a reunião de cúpula do G20, onde foi acertada a nova trégua comercial sino-americana. Com esse noticiário no radar, as bolsas asiáticas apresentaram um pregão de ganhos, apagando algumas das perdas observadas no dia anterior.

O índice Xangai Composto fechou em alta de 0,45%, aos 2.899,94 pontos, e o menos abrangente Shenzen Composto avançou 0,9%, para 1.545,87 pontos. Na Bolsa de Hong Kong, o Hang Seng subiu 0,34%, para 28.466,48 pontos e, na Bolsa de Seul, o Kospi teve alta de 0,39%, para 2.101,45 pontos. Os investidores deixaram de lado questões geopolíticas, como os disparos de alerta feitos pela Força Aérea sul-coreana a um avião militar russo que invadiu o espaço aéreo do país asiático.

A alta das bolsas asiáticas também foi apoiada pela informação de que o presidente americano, Donald Trump, concordou em tomar decisões de licenciamento "oportunas" para empresas de tecnologia dos EUA que buscam renovar as vendas à Huawei Technologies, gigante chinesa de telecomunicações. Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei, que subiu 0,95%, para 21.620,88 pontos, teve os ganhos sustentados por ações de eletrônicos, como a Tokyo Electron (+3,04%) e a Murata Manufacturing (+2,48%).

O ex-secretário de Assuntos Externos do Reino Unido e ex-prefeito de Londres Boris Johnson confirmou o seu amplo favoritismo e foi eleito nesta terça-feira o novo presidente do Partido Conservador, derrotando o atual chefe da diplomacia britânica Jeremy Hunt por 92.153 votos a 46.656. Agora, Johnson substituirá Theresa May também como primeiro-ministro britânico.

Em um breve discurso após o anúncio do resultado, o novo líder dos Tories insistiu ser factível que o Reino Unido mantenha uma parceria estreita com a União Europeia (UE) ao mesmo tempo em que cumpre o seu desejo por um "autogoverno democrático", referindo-se ao Brexit e à sua promessa central de campanha, que é tornar a separação do bloco uma realidade em 31 de outubro "com ou sem acordo". Isso seria possível com "um espírito de 'podemos fazer'", acrescentou.

A retórica se encaixa no slogan de BoJo, como é conhecido o próximo primeiro-ministro britânico: "Vamos entregar o Brexit, unir o país e derrotar Jeremy Corbyn", em que atiça também o medo dos conservadores de que o presidente do Partido Trabalhista e líder da oposição pudesse assumir o governo em uma eventual eleição antecipada.

O governo estuda agora limitar os saques das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em R$ 500 neste ano. O valor máximo seria para contas ativas (dos contratos atuais) e inativas (de contratos inativos). Independentemente de quantas contas tiver, o trabalhador só poderia sacar no máximo esse valor para cada conta.

O limite foi discutido nesta segunda-feira em uma reunião no Ministério da Economia, segundo apurou o Estadão/Broadcast. O público-alvo da medida são 100 milhões de contas do fundo (um trabalhador pode ter mais de uma conta).

O limite de R$ 500 para este ano seria uma forma de atender à construção civil. Um dos principais apoiadores do setor é o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. No Ministério da Economia, porém, há quem acredite que um valor tão baixo vai ter pouco efeito na atividade econômica neste ano. Na Caixa, por outro lado, há reclamações de que será preciso um grande esforço no atendimento - que deverá ser ampliado para os fins de semana - sem nenhum tipo de retorno para o banco.

A partir do ano que vem, a ideia é permitir que os trabalhadores tenham direito a uma nova modalidade de retirada dos recursos: o "saque aniversário". Se escolher essa opção, o trabalhador vai ter que abrir mão de resgatar a totalidade do fundo caso seja demitido sem justa causa. Nessa situação, ele continuaria a sacar a parcela dos recursos anualmente até acabar.

A ideia agora é ampliar as faixas do saque aniversário. Estão sendo estudadas faixas de limite e também um valor fixo. Por exemplo: quem tem até R$ 500, poderia sacar a metade. A partir daí, seria fixado um porcentual mais um valor fixo. Para quem tem acima de R$ 20 mil, a opção estudada é limitar em 5% mais um valor fixo de R$ 2,9 mil.

O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, afirmou que o anúncio dos detalhes sobre a liberação do saque do FGTS está mantido para esta quarta-feira.

A diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou a suspensão da nova tabela de fretes, até que seja resolvido o “impasse com o setor”. A decisão foi aprovada por unanimidade ontem no fim da tarde, após o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, informar, pela manhã, que ela seria revogada. Com a decisão, a tabela anterior, referente ao ano passado, volta a vigorar. Uma nova reunião com os caminhoneiros está prevista para quarta-feira (24).

A TIM e a Telefônica Brasil (Vivo) assinaram um memorando de entendimentos com o objetivo de iniciar discussões sobre compartilhamento de redes e de serviços.

Segundo as empresas, os estudos terão como foco o compartilhamento de rede 2G no modelo Single Grid; estabelecimento de novos acordos de compartilhamento de infraestrutura de rede 4G na faixa de 700Mhz, direcionados a cidades com menos de 30 mil habitantes, o que poderá ser, posteriormente, expandido a cidades maiores; outras oportunidades de compartilhamento de rede em outras frequências e
Tecnologias e outras oportunidades de eficiência e redução de custos em operação e manutenção de redes.

Em comunicado, as companhias apontam que as discussões têm como objetivo melhorar "a qualidade de serviço para clientes de ambas as operadoras, bem como a eficiência na alocação de investimentos e nos custos operacionais".

No entanto, ambas destacam que preservarão sua autonomia comercial e de gestão de clientes, independentemente de qualquer acordo que possa resultar dessas discussões e que este memorando "não cria uma joint venture ou qualquer parceria comercial ou relação formal de negócios".

O Santander Brasil anunciou nesta manhã lucro líquido gerencial, que não desconta o ágio de aquisições, de R$ 3,635 bilhões no segundo trimestre deste ano, cifra 20,16% maior que a de R$ 3,025 bilhões registradas um ano antes. Ante os três meses anteriores, cresceu 4,3%. No semestre, o resultado totalizou R$ 7,120 bilhões, expansão de 21,0% em 12 meses.

O resultado do Santander no segundo trimestre foi puxado, conforme explica o banco em relatório que acompanha suas demonstrações financeiras, pelo crescimento da margem financeira como reflexo do aumento dos empréstimos. Contribuíram ainda maiores ganhos com receitas e prestação de serviços a despeito do aumento do resultado com créditos de liquidação duvidosa no período.

O gráfico diário do IBOV mostra um harami de fundo, limitado pelo movimento quase lateral antes dele.

A formação ocorreu sobre uma região de duplo suporte, formada pela LTA riscada em azul, assim como pelo fundo recente marcado aos 103.360.

A abertura de hoje será positiva, seguindo os ventos internacionais.

O ponto que separa o joio do trigo é 104.775, na minha leitura.

Bons negócios!


Wagner Caetano, para o Cartezyan
Diretor da TopTraders
contato@toptraders.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário