segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Vencimento de opções


Bom dia, investidor!

Hoje é dia de vencimento de opções de papel, o que deve trazer novas movimentações para o IBOV = em tendência francamente compradora >>> LEIA MAIS >>>

As bolsas asiáticas fecharam em alta moderada nesta segunda-feira, após a divulgação uma série de indicadores econômicos da China que atenderam ou superaram as expectativas, incluindo o Produto Interno Bruto (PIB).

No quarto trimestre, o PIB chinês teve expansão anual de 6,4%, menor que o ganho de 6,5% observado no trimestre anterior, mas em linha com a projeção de analistas. Em todo o ano de 2018, a economia da China cresceu 6,6%, menos do que em 2017 (6,8%), mas satisfazendo a meta de Pequim (em torno de 6,5%).

Já os números chineses de produção industrial e de vendas no varejo de dezembro vieram acima do esperado, com ganhos anuais de 5,7% e 8,2%, respectivamente.

Os mercados da China continental lideraram a valorização na Ásia hoje, embora tenham perdido um pouco do ímpeto nos negócios da tarde. O Xangai Composto subiu 0,56%, a 2.610,51 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,61%, a 1.330,17 pontos.

Em outras partes da região asiática, o japonês Nikkei teve alta de 0,26% em Tóquio, a 20.719,33 pontos, o Taiex subiu 0,54% em Taiwan, a 9.889,40 pontos, e o sul-coreano Kospi exibiu ganho apenas marginal em Kospi, de 0,02%, a 2.124,61 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng avançava 0,30% pouco antes do encerramento do pregão.

Ainda que não tenham surpreendido negativamente, os dados do PIB da China mostraram como a segunda maior economia do mundo está em processo de desaceleração, em especial num momento em que tenta superar divergências comerciais com os Estados Unidos, reforçando a necessidade de que Pequim continue adotando medidas de estímulos.

No sábado (19), o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que Washington tem avançado nas negociações comerciais com a China, mas negou que estivesse considerando suspender tarifas sobre produtos chineses, como chegou a ser negociado na semana passada.

Além disso, investidores na Ásia e em outras partes do mundo estão atentos aos desdobramentos do "Brexit", como é conhecido o processo para a retirada do Reino Unido da União Europeia. A primeira-ministra britânica, Theresa May, apresenta hoje no Parlamento um "plano B" para o Brexit. Há quase uma semana, May teve sua proposta original de Brexit - fechada com líderes da UE - rejeitada pela grande maioria dos parlamentares.

Na esteira da divulgação do Índice de Atividade do Banco Central (IBC-Br), na última quinta-feira, a expectativa de alta para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 passou de 2,57% para 2,53%, conforme o Relatório de Mercado Focus. Há quatro semanas, a estimativa de crescimento também era de 2,53%. Para 2020, o mercado aumentou a previsão de alta do PIB, de 2,50% para 2,60%. Quatro semanas atrás, estava em 2,50%.

A projeção do BC para o crescimento do PIB em 2019 é de 2,4%. Esse porcentual foi divulgado no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de dezembro.

Na quinta-feira (17), o BC informou que o IBC-Br de novembro subiu 0,29% ante outubro, na série com ajuste sazonal. Em relação a novembro de 2017, o indicador avançou 1,86%, na série sem ajuste. No acumulado de janeiro a novembro de 2018, o IBC-Br avançou 1,38%.

No relatório Focus de hoje, a projeção para a produção industrial de 2019 seguiu indicando alta de 3,04%. Há um mês, estava em 3,30%. No caso de 2020, a estimativa de crescimento da produção industrial permaneceu em 3,00%, igual ao visto quatro semanas antes.

A pesquisa Focus mostrou ainda que a projeção para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB para 2019 passou de 56,80% para 56,30%. Há um mês, estava em 56,40%. Para 2020, a expectativa passou de 58,65% para 58,16%, ante 58,60% de um mês atrás. 

Clique para ampliar

O gráfico diário do IBOV mostra um mercado francamente comprador, operando com bom volume.

O mercado futuro opera em queda de -0,31% enquanto escrevo, projetando uma provável abertura negativa, movimento corretivo e natural após as escaladas recentes.

O vencimento de opções poderá trazer alguma novidade nas movimentações.

O sinal de hoje (candle) será muito importante.


Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan
Diretor da TopTraders


contato@toptraders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário