terça-feira, 6 de novembro de 2018

IBOV marca nova máxima histórica



IBOV em nova máxima histórica
Topos anteriores marcados
Clique para ampliar

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única, num dia de volume de negócios reduzido, com investidores aguardando o resultado das eleições legislativas dos EUA desta terça-feira.

Na China, os mercados encerraram o pregão com desvalorização moderada, apagando parte das perdas que haviam exibido na primeira metade dos negócios. O índice Xangai Composto recuou 0,23%, a 2.659,36 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto, formado por empresas menores, caiu 0,36%, a 1.346,19 pontos.

Em Tóquio, por outro lado, o japonês Nikkei subiu 1,14%, a 22.147,75 pontos, graças não apenas à tendência de queda do iene frente ao dólar durante a madrugada como também ao forte desempenho de ações da montadora Toyota (+2,09%), que divulgou sólido balanço trimestral, e de farmacêuticas como Sumitomo Dainippon (+7%) e Daiichi Sankyo (+4,9%). Um total de 1,34 bilhão de ações trocaram de mãos, volume quase 10% menor do que a média do ano.

Ontem, em Nova York, os índices acionários Dow Jones e S&P 500 subiram, mas o Nasdaq terminou a sessão em baixa. Há muita expectativa em relação às eleições de meio de mandato dos EUA desta terça. Pesquisas de opinião indicam que os democratas irão reconquistar o controle da Câmara dos Representantes e que os republicanos deverão manter o comando no Senado, mas por uma pequena margem.

Se as projeções se confirmarem, o presidente dos EUA, o republicano Donald Trump, terá maiores dificuldades de seguir adiante com sua agenda legislativa.

Com as eleições americanas no foco, ficou em segundo plano a decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), prevista para quinta-feira (08). A expectativa é que o Fed mantenha seus juros básicos inalterados neste mês e só volte a elevá-los em dezembro.

Continuam no radar, no entanto, as tensões comerciais entre EUA e China, embora tenham diminuído as esperanças de que haja algum desdobramento significativo antes de um encontro entre Trump e seu contraparte chinês, Xi Jinping, durante reunião de cúpula dos 20 países mais industrializados (G-20) em Buenos Aires, no fim deste mês.

O administrador Marcelo Augusto Dutra Labuto foi nomeado para o cargo de presidente do Banco do Brasil. Marcelo Labuto assume o comando do banco no lugar de Paulo Rogério Caffarelli, que deixou o cargo para presidir a empresa de meios de pagamentos Cielo, controlada pelo próprio BB juntamente com Bradesco.

A Petrobras reportou lucro líquido de R$ 6,644 bilhões no terceiro trimestre deste ano, alta de 2.397% ante o lucro de R$ 266 milhões no mesmo período de 2017, mas baixa de 34% ante o ganho de R$ 10,072 bilhões nos três meses imediatamente anteriores, conforme os números atribuíveis aos acionistas.

De acordo com a petroleira, o resultado foi afetado pelos acordos firmados, em setembro, com o Departamento de Justiça dos EUA (DOJ) e com a Securities and Exchange Commission (SEC) para encerramento das investigações das autoridades norte-americanas, no valor de R$ 3,5 bilhões. "Excluindo-se esses acordos, bem como os efeitos do acordo da Class Action, o lucro líquido seria de R$ 10,269 bilhões no trimestre e R$ 28,012 bilhões no acumulado do ano".

Ainda assim, a Petrobras apresentou lucro líquido de R$ 23,677 bilhões nos primeiros noves meses de 2018, "o melhor resultado desde 2011" e um crescimento de 371% comparado a igual intervalo do ano anterior.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da petroleira foi de R$ 29,856 bilhões, alta de 55,3% em relação ao mesmo intervalo de 2017, de R$ 19,223 bilhões, e leve recuo de 1% ante o segundo trimestre deste ano, de R$ 30,067 bilhões. De janeiro a setembro, o Ebitda totalizou R$ 85,691 bilhões, avanço de 35% ante o mesmo período de 2017.

A margem Ebitda ajustada ficou em 30%, ante 27% no terceiro trimestre de 2017 e 36% nos três meses imediatamente anteriores.

A receita líquida somou R$ 98,260 bilhões no período, o que significa um incremento de 36,81% na comparação anual, de R$ 71,822 bilhões, e de 16% na trimestral, de R$ 84,395 bilhões.

O resultado financeiro líquido da estatal ficou negativo em R$ 5,841 bilhões no trimestre encerrado em setembro, 21% menor que a cifra negativa em R$ 7,411 bilhões de igual trimestre de 2017 e acima das despesas financeiras líquidas de R$ 2,647 bilhões no segundo trimestre de 2018. 

A ata do último encontro do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, divulgada há pouco, indicou que a projeção para o IPCA de 2018 no cenário de mercado está em 4,4%. Já a projeção para 2019 é de 4,2% e, para 2020, de 3,7%.

Estes são os mesmos valores citados no comunicado que acompanhou a decisão do colegiado, na semana passada, quando a Selic (a taxa básica de juros) foi mantida em 6,50% ao ano pela quinta vez consecutiva. O cenário de mercado utiliza como referência as projeções do Relatório de Mercado Focus para a Selic e o câmbio.

No Relatório Trimestral de Inflação (RTI), divulgado em 27 de setembro, as projeções do cenário de mercado estavam em 4,1% para 2018, 4,0% para 2019 e 3,6% para 2020.

A Vale informa que renovou contrato com a Emirates Steel para fornecer pelotas de minério de ferro para a produção de aço da Emirates em Abu Dhabi. O contrato foi inicialmente firmado em 2008. O novo vai vigorar por quatro anos e contempla volumes similares aos anteriormente praticados.

Em nota, a mineradora ressalta que os volumes anuais pactuados no novo contrato representam menos de 1% do volume total de vendas de minério de ferro e pelotas.

O IBOV começou a semana com valorização, marcando nova máxima histórica, tanto no intradiário como no diário.

Pois bem, o que esperar?

Eu apostaria em um pull back justamente no topo anterior, talvez ainda nessa terça-feira (88.320), pela distância importante que temos em relação à média móvel exponencial de 21 períodos.

Topos anteriores são quase sempre referências e territórios de duelo entre ursos e touros após movimentos de valorização.





Bons negócios!


Wagner Caetano, para o Cartezyan
Diretor da TopTraders
contato@toptraders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário