sexta-feira, 9 de março de 2018

Payroll em pauta


Bom dia investidor!

Bovespa reage bem esta manhã: +1% às 11hs
Clique para ampliar

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da China avançou 2,9% na comparação anual de fevereiro, de acordo com dados divulgados hoje pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país.

Os ganhos de janeiro superaram as expectativas de economistas consultados pelo Wall Street Journal, de alta de 2,5%.

No mês passado, os preços de alimentos subiram 4,4% na China, na comparação com fevereiro do ano passado.

Na comparação mensal, o CPI avançou 1,2% em fevereiro ante janeiro. 

O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da China subiu 3,7% em fevereiro, na comparação com o mesmo mês de 2017, de acordo com dados divulgados hoje pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país.

A leitura veio ligeiramente abaixo da estimativa média de economistas consultados pelo Wall Street Journal, de avanço de 3,8%.

Na comparação mensal, o PPI chinês recuou 0,1% em fevereiro ante janeiro. 

O Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) manteve inalterada sua política monetária nesta sexta-feira e não deu pistas sobre quando ou como deve se unir a outros bancos centrais na redução de medidas de estímulo.

Por oito votos a um, o BC japonês decidiu manter sua meta para os juros dos bônus governamentais japoneses de 10 anos em torno de zero, e sua taxa de depósito de curto prazo em -0,1%.

A autoridade monetária ainda manteve o compromisso de comprar bônus governamentais num ritmo anual de 80 trilhões em ienes (US$ 750 bilhões), num movimento visto por muitos investidores como uma indicação simbólica de que o BC deve manter o compromisso com o afrouxamento monetário. 

A produção industrial da Alemanha teve leve baixa de 0,1% em janeiro ante dezembro, no cálculo com ajustes sazonais, segundo dados publicados hoje pela agência de estatísticas do país, a Destatis. O resultado frustrou analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam avanço de 0,4% na produção.

A queda se deveu ao setor de construção, que sofreu forte contração de 2,2% em janeiro ante o mês anterior. Na manufatura, por outro lado, houve expansão de 0,6%.

Na comparação anual, a produção geral da indústria alemã cresceu 5,5% em janeiro, informou a Destatis. 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aceitou o convite para se reunir com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, de acordo com a Casa Branca.

O assessor de segurança nacional da Coreia do Sul, Chung Eui-yong, que confirmou a notícia de que o convite foi aceito, disse que o encontro pode acontecer em maio. A notícia pegou muitos políticos americanos de surpresa.

A Casa Branca disse em um comunicado que todas as sanções impostas a Pyongyang continuarão em vigor, bem como sua estratégia de "pressão máxima" contra o regime.

Chung disse que Kim também reafirmou que estava preparado para suspender os testes de mísseis e bombas nucleares, enquanto a Coreia do Norte se engaja em conversas sobre a "desnuclearização" da Península da Coreia. 

O petróleo opera em alta nesta manhã, recuperando-se de perdas recentes.

Às 9h40, o barril do tipo Brent para maio, negociado na Intercontinental Exchange (ICE), subia 1,04%, a US$ 64,27, enquanto o WTI para abril, negociado na New York Mercantile Exchange (Nymex), avançava 0,86%, a US$ 60,65.

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou fevereiro com alta de 0,32% ante um avanço de 0,29% em janeiro, informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado ficou levemente acima da mediana das estimativas do mercado financeiro, que era de 0,31%. 

A taxa acumulada pela inflação no ano foi de 0,61%. Em 12 meses, o IPCA acumulou alta de 2,84%, dentro das projeções dos analistas, que iam de 2,77% a 2,92%, com mediana de 2,83%.

Os técnicos do IBGE concedem entrevista coletiva daqui a pouco para comentar os resultados. 

Esta sexta-feira reserva uma agenda carregada para guiar o humor dos investidores, que já foram dormir cientes de que os Estados Unidos vão mesmo impor tarifas de 25% sobre a importação de aço e de 10% para o alumínio, o que tem peso negativo para o comércio global.

Na Europa e nos mercados futuros de Nova York as bolsas mostram pouca tração, à espera do relatório de emprego oficial americano de fevereiro, o payroll (10h30), para orientar as apostas de aperto monetário no país.

O gráfico diário do Ibovespa mostra um fechamento sobre a média móvel de 21 períodos, mesma região da retração de 61,8% de Fibonacci.

O caminho mais provável para os preços seria um teste do fundo anterior na região de 83.900, onde teríamos uma prova de fogo, pois esse piso seria reforçado pela retração de 50% de Fibonacci e pela LTA que guia os negócios desde dezembro, na minha visão.

O fechamento dessa sexta-feira será muito importante, pois o gráfico semanal costuma ser um importante balizamento especialmente para as operações de swing trade, impactado pelo Payroll.




Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan

Diretor da TopTraders
contato@toptraders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário