sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Terrorismo em Londres e denúncia contra Temer em pauta


Bom dia investidor!

O índice Empire State de atividade industrial na região de Nova York caiu de 25,2 em agosto para 24,4 em setembro nos Estados Unidos, acima da previsão de 15,9 dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal.

O subíndice de emprego subiu de 6,2 em agosto para 10,6 em setembro, enquanto o de novas encomendas passou de 20,6 para 24,9. O subíndice de preços recebidos passou de 6,2 em agosto para 13,8 em setembro. 

As vendas no varejo dos Estados Unidos caíram 0,2% na passagem de julho para agosto, no cálculo com ajustes sazonais, de acordo com dados do Departamento do Comércio do país. Economistas consultados pelo Wall Street Journal esperavam leve alta, de 0,2%.

As vendas no início do verão também foram menos robustas do que o estimado anteriormente. De acordo com o Departamento do Comércio, as vendas no varejo subiram 0,3%, enquanto a estimativa anterior apontava para um aumento de 0,6%.

O departamento afirmou que não poderia isolar o efeito do furacão Harvey nos varejistas no mês passado. A agência recebeu indícios mistos de empresas sobre os efeitos da tormenta nas vendas. Algumas empresas registraram queda nas vendas, observou a instituição.

Ministério das Relações Exteriores da China condenou o último lançamento de míssil pela Coreia do Norte e pediu que todos os lados busquem o diálogo para reduzir as tensões.

A porta-voz do Ministério, Hua Chunying, disse a repórteres nesta sexta-feira que a situação na Península Coreana continua "complexa, sensível e severa". Ela pediu que todas as partes evitem ações que possam inflamar as tensões.

Os contratos futuros de petróleo operam perto da estabilidade na manhã desta sexta-feira, oscilando entre ganhos e perdas. No radar, está o último teste de míssil realizado pela Coreia do Norte e as recentes altas registradas pela commodity.

Na Intercontinental Exchange (ICE), o petróleo Brent para novembro subia 0,22%, a US$ 55,59 por barril. Já na New York Mercantile Exchange (Nymex), o petróleo WTI para outubro avançava 0,16%, a US$ 49,97 por barril.

Nos últimos dias, o petróleo registrou fortes ganhos, impulsionado por um equilíbrio entre oferta e demanda, após a divulgação do relatório mensal da Agência Internacional de Energia (AIE) sobre a commodity, na última quarta-feira. No início do dia, os preços do petróleo operavam em queda, em uma aparente realização de lucros, após o WTI atingir o valor mais alto em mais de seis semanas e o Brent, o maior nível desde abril.

Os contratos futuros de cobre operam em leve alta na manhã desta sexta-feira, em um movimento de recuperação após fortes perdas registradas nesta semana.

Na London Metal Exchange (LME), o cobre para três meses operava em alta de 0,19%, a US$ 6.517 por tonelada por volta das 9h45 (de Brasília). O contrato de cobre para entrega em dezembro, negociado na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), subia 0,12%, a US$ 2,9610 por libra-peso.

Na madrugada de quinta-feira, a China informou que a produção industrial avançou 6,0% na comparação anual de agosto. Em julho, o indicador havia registrado um aumento de 6,4%. A leitura do mês passado é a segunda desaceleração seguida do dado, que veio abaixo da estimativa de economistas consultados pelo Wall Street Journal, de alta de 6,6%.

Entre outros metais negociados na LME, o zinco ganhava 0,72%, a US% 3.027,00 por tonelada; o alumínio operava estável, a US$ 2.104,00 por tonelada; o estanho subia 0,10%, a US$ 20.600,00 por tonelada; o chumbo avançava 1,14%, a US$ 2.352,00 por tonelada; e o níquel destoava, ao cair 0,80%, a US$ 11.125,00 por tonelada. 

A polícia metropolitana de Londres, conhecida como Scotland Yard, oficializou há pouco que a explosão no metrô da cidade, mais cedo, está sendo tratada como um atentado terrorista. A informação havia sido adiantada mais cedo, por meio de fontes, pela rede de TV estatal BBC. As causas do incidente ainda não são conhecidas, mas a polícia fala em número "significativo" de feridos. 

Líder do PT na Câmara, o deputado Carlos Zarattini (SP) afirmou que a segunda denúncia apresentada contra o presidente Michel Temer ontem, 14, mostra que o "Brasil está sob comando de uma verdadeira organização criminosa".

Em nota, o líder petista diz que a bancada do partido na Câmara "vai se empenhar na luta pelo afastamento de Temer" e que vai procurar mobilizar "o povo brasileiro" a manifestar-se nas ruas. Durante a tramitação da primeira denúncia, o PT foi acusado de não trabalhar para derrubar o peemedebista.

O raciocínio era de que o partido se beneficiaria com o desgaste de Temer nas eleições de 2018. Segundo o líder petista, o governo Temer está "manchado por escândalos" e não tem "legitimidade" para colocar em prática as "propaladas reformas", como a da Previdência e o programa de privatizações anunciado no mês passado.


IBOV agora às 10h50 - já encarando a primeira resistência

O Ibovespa está fazendo uma correção no tempo, como o fez desde o início da alta em junho.

A tendência é de uma correção de curto prazo, porém a mesma ocorrerá somente de houver perda convicta de 74.294, mínima da estrela cadente desenhada dia 12 de setembro.

Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan

Diretor da TopTraders


contato@TopTraders.Com.BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário