quinta-feira, 4 de maio de 2017

Previdência vs Commodities


Bom dia investidor!

Os contratos futuros de petróleo operam em baixa nesta quinta-feira, com investidores concentrados no relatório de estoques de ontem dos Estados Unidos.

Além disso, continua a pesar o ceticismo de que os cortes na produção liderados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) possam gerar uma grande reação diante dos elevados estoques globais.

O petróleo WTI para junho caía 1,30%, a US$ 47,20 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para julho recuava 1,32%, a US$ 50,12 o barril, na ICE, às 9h (de Brasília).

Os preços do cobre mantêm tendência de baixa nesta manhã, após terem sofrido a maior queda em um único dia desde 2015 na última sessão, em meio à expansão dos estoques da London Metal Exchange (LME).

Por volta das 9h05 (de Brasília), o cobre para três meses negociado na LME recuava 0,36%, a US$ 5.572,40 por tonelada.

Já na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o cobre para julho tinha queda de 0,61%, a US$ 2,5275 por libra-peso.

O metal é pressionado por um recente aumento de estoques em armazéns da LME. Entre ontem e hoje, o volume de cobre estocado em instalações da LME na Europa e na Ásia subiu 64 mil toneladas, ou 25%, revertendo a maior parte das 80 mil toneladas retiradas de armazéns da Bolsa de Futuros de Xangai durante abril, segundo comunicado do banco alemão Commerzbank.

Preocupações com a demanda da China, que recentemente mostrou desaceleração no setor de manufatura, também pesam no cobre e em outros metais básicos.

Além disso, os metais são influenciados pelo fraco desempenho de futuros de minério de ferro na bolsa chinesa de Dalian. Nos negócios de hoje, o contrato do minério atingiu o limite de desvalorização diária na China, com queda de 8%, estendendo perdas de ontem na esteira de um rali de quatro sessões.

Entre outros metais na LME, o alumínio recuava 0,42% no horário citado acima, a US$ 1.912,50 por tonelada, o chumbo caía 0,96%, a US$ 2.171 por tonelada, o estanho tinha leve baixa de 0,13%, a US$ 19.860,00 por tonelada, o zinco recuava 0,62%, a US$ 2.557,50 por tonelada, e o níquel registrava queda de 1,63%, a US$ 9.080,00 por tonelada.

A atividade do setor de serviços da China avançou no ritmo mais lento em quase um ano, de acordo com o índice dos gerentes de compra (PMI, na sigla inglês), divulgado hoje pela Caixin Media e pela Markit.

O PMI de serviços recuou para 51,5 em abril - o mais baixo desde maio de 2016 - de 52,2 em março. Uma leitura acima dos 50 pontos indica expansão das atividades, enquanto um indicador abaixo disso representa contração.

Uma atividade morna dos negócios do setor coincidiram com uma expansão mais moderada dos números dos empregados em abril, embora as novas encomendas tenham avançado ligeiramente, segundo a Caixin.

A agenda de eventos dos Estados Unidos desta quinta-feira traz como destaque a possível votação na Câmara dos Representantes de uma lei de reforma no setor de saúde que reverteria o chamado Obamacare, aprovado no governo do ex-presidente Barack Obama.

O presidente Michel Temer comemorou, por meio do porta-voz Alexandre Parola, a aprovação do texto da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara dos Deputados e fez questão de reiterar a importância da base aliada.

"O presidente da República expressa sua satisfação e congratula-se com as deputadas e os deputados da base de apoio do Governo. Sua atuação firme e comprometida com o Brasil foi fundamental para a aprovação na comissão especial da Câmara dos Deputados do parecer preparado pelo relator Arthur Maia", disse Parola na noite desta quarta-feira (3).

Clique para ampliar

Ontem o Ibovespa se comportou como previsto, corrigindo a sessão anterior de forte alta, uma vez que os tempos intradiários estavam muito longe das médias.

Para hoje, o caminho mais natural seria um abertura em queda, em busca de algum suporte que possa reverter a movimentação inicial.

O ponto ideal de inflexão seria algo logo acima de 65.000.


A região de 65.300 é forte candidata a ser mínima do dia, mas como esse ponto é muito óbvio, talvez os compradores entrem pressionando um pouco acima.


Bons negócios!

Wagner Caetano, para o Cartezyan
Diretor da TopTraders
contato@TopTraders.Com.BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário