terça-feira, 9 de maio de 2017

Depoimento de Lula no radar


Bom dia investidor!

Bolsa de Tóquio fechou em leve baixa nesta terça-feira, num movimento de realização de lucros após ter atingido o maior nível em 17 meses no pregão anterior.

O índice Nikkei caiu 0,26%, a 19.843,00 pontos, depois de saltar 2,31% ontem, impulsionado pela vitória do centrista Emmanuel Macron na eleição presidencial francesa do último domingo.

A produção industrial da Alemanha diminuiu 0,4% em março ante fevereiro, no cálculo com ajustes sazonais, segundo dados publicados hoje pela agência de estatísticas do país, a Destatis.

A Destatis também revisou a produção industrial de janeiro e fevereiro, que mostrou avanços menores do que os originalmente estimados.

Apenas a produção manufatureira encolheu 0,5% em março ante o mês anterior, mas o setor de construção teve expansão de 1,5% no período.

Já na comparação anual, a produção geral da indústria alemã cresceu 1,9% em março, também considerando-se ajustes.

O presidente Michel Temer quer acelerar a tramitação da reforma trabalhista no Senado.

Hoje, em reunião no Palácio do Planalto com senadores do PMDB, Temer vai definir a estratégia para o pedido de urgência na tramitação do projeto no Senado. Com a liderança de Romero Jucá, o governo patrocina o movimento para tentar neutralizar a atuação de Renan Calheiros (PMDB-AL), que tem criticado grandes reformas econômicas. 

O governo trabalha para que a votação da reforma da Previdência no plenário da Câmara dos Deputados em primeiro turno ocorra entre no dia 24 ou 31 de maio, para conseguir pelo menos 330 votos favoráveis dos deputados no plenário da Câmara. Embora a base do governo conte com 411 deputados, um número menor de parlamentares (330) têm sido fiel e que votam sempre com o governo. 

Em um novo episódio da recente disputa entre a promotoria e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, o procurador-geral da República (PGR), Rodrigo Janot, disse que o magistrado não poderia ter atuado no caso Eike Batista em função da atuação da sua esposa, Guiomar Mendes, no Escritório de Advocacia Sérgio Bermudes, envolvido na defesa de Eike.

Janot pediu ainda que Gilmar preste depoimento e também quer ouvir, como testemunhas, Guiomar, Sérgio Bermudes e Eike. É a primeira vez que Janot apresenta uma arguição de impedimento contra um ministro do STF. Caberá agora à presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, definir quando o caso será levado ao plenário para ser decidido pelos integrantes da Corte.

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu ontem mais tempo para analisar o processo contra o petista relacionado a um triplex no Guarujá e adiar o depoimento marcado para amanhã em Curitiba. Em mais um episódio do embate jurídico com o juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, os advogados recorreram ao Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) pedindo que a ação penal seja suspensa por 90 dias.

Pessoas próximas ao ex-presidente, porém, afirmam ter pouca esperança de que o tribunal acate o recurso e admitem que a estratégia dos advogados de Lula é usar uma eventual negativa como argumento de cerceamento de defesa em futuros recursos em instâncias superiores.

Segundo o pedido da defesa, o prazo maior seria necessário para que os advogados pudessem analisar os 5,42 gigabytes - equivalentes a 100 mil páginas - de documentos que a Petrobrás anexou aos autos do processo no qual Lula é réu por corrupção e lavagem de dinheiro.

Clique para ampliar

O gráfico diário do Ibovespa mostra um mercado inclinado para a compra no curto prazo.

Ontem tivemos máximas e mínimas mais altas que a sessão anterior, mesmo que fechasse levemente negativo.

O caminho mais provável para essa terça-feira é uma alta moderada, desde o início do pregão, com manutenção dos touros no comando durante toda a sessão.

A primeira resistência em 66.200 deverá ser testada e rompida, salvo algo esdrúxulo, como o adiamento do depoimento do ex-presidente Lula amanhã em Curitiba.

Bons negócios!


Wagner Caetano, para o Cartezyan
Diretor da TopTraders
contato@TopTraders.Com.BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário