sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Red Friday


Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas fecharam em baixa, com exceção da China que subiu 0,06%.

O minério de ferro caiu 0,2% na China, fechando cotado a US$ 90,5 a tonelada seca.

Hong Kong -0,62% e Japão -0,45%.

Os preços do cobre operam em alta nesta sexta-feira na sequência de um dólar mais fraco e preocupações de abastecimento em minas na Indonésia e no Chile.

Perto das 9h40 (de Brasília), o contrato para três meses da London Metal Exchange (LME) subia 0,75%, a US$ 5.896 a tonelada.

O cobre para maio avançava 0,71%, a US$ 2,6780 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

Uma greve sindical na mina de Escondida no Chile, a maior mina de cobre do mundo, está agora em sua terceira semana. A mina é de propriedade majoritária da BHP Billiton e produz cerca de 5% da oferta mundial. Na Indonésia, a Freeport-McMoRan e o governo indonésio ainda não chegaram a um acordo sobre os termos de uma licença de exportação para a mina de cobre Grasberg, também uma das maiores do mundo.

Europa opera no vermelho.

Londres -0,75%; Frankfurt -1,52%; Paris -1,43%.

Os futuros de petróleo operam em baixa nesta manhã, num aparente movimento de realização de lucros, após subirem ontem entre 1,3% e 1,6% na esteira de dados mistos do Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) norte-americano.

Às 9h36 (de Brasília), o petróleo tipo Brent para abril caía 0,65% na IntercontinentalExchange (ICE), a US$ 56,21 por barril, enquanto o WTI para o mesmo mês recuava 0,51% na New York Mercantile Exchange (Nymex), a US$ 54,17 por barril.

Ontem, o DoE informou o que o volume de petróleo bruto estocado nos EUA avançou pela sétima semana consecutiva, embora o aumento de 564 mil barris tenha vindo bem abaixo do acréscimo de 3,4 milhões de barris previsto por analistas.

O chefe de gabinete da Casa Branca, Reince Priebus, pediu ao vice-diretor do FBI, Andrew McCabe, que desmentisse as reportagens que revelaram que assessores da campanha de Donald Trump estavam frequentemente em contato com agentes de inteligência da Rússia durante as eleições, segundo um funcionário do palácio do governo americano. O caso foi revelado pela CNN.

No começo do mês, o New York Times informou que agências norte-americanas interceptaram telefonemas no ano passado entre funcionários russos de inteligência e membros da equipe de campanha de Trump. O caso provocou a queda do então indicado para conselheiro de Segurança Nacional, general Michael Flynn.

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 12,6% no trimestre encerrado em janeiro de 2017, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados há pouco pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em igual período de 2016, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 9,5%. No quarto trimestre de 2016, o resultado ficou em 12,0%.

Na Bovespa, assim como antecipado no relatório de ontem, tivemos a formação de um topo no diário.

O candle tem massa, sombra superior e marcou queda de ponta-a-ponta da sessão.

Também chama a atenção o volume acima da média. Clique para ampliar.

O fechamento abaixo do topo anterior em 68.455 mostra aversão ao risco.

A prova de fogo será nos 66.600, onde também se contra a média móvel exponencial de 21 períodos, sendo que esse patamar vai indicar se estamos diante de uma correção técnica ou queda mais aguda.

Bons negócios!

Wagner Caetano 
Diretor Top Traders

Nenhum comentário:

Postar um comentário