quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

PMIs chineses, FED e política em destaque


Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas fecharam com valorização.

China mercado fechado e Japão +0,56%.

Preço do minério de ferro segue estável com o feriado lunar.

Petróleo opera estável em Londres e Nova York.

Europa tem sessão de domínio comprador, após o tombo da véspera.

Londres +0,75%; Frankfurt +0,96%; Paris +1,21%.

Sem previsão do início de eventual rolagem do vencimento de swap cambial de US$ 7 bilhões em março e com o dólar forte no exterior nesta manhã, o mercado de câmbio doméstico pode ter viés de alta.

O rumo da taxa no dia tende a ser determinado pela reação dos investidores globais aos dados de emprego no setor privado dos Estados Unidos, que sai no fim da manhã, além da decisão de política monetária do Fed, às 17 horas.

Para o dado de emprego, é esperada abertura de 164 mil vagas no setor privado, acima das 153 mil registradas em dezembro. O dado é um indicativo para o relatório oficial do mercado de trabalho, o payroll, que sai na sexta-feira.

À tarde, os investidores vão acompanhar de perto o comunicado do BC americano em busca de sinais de quantos aumentos poderão ocorrer este ano, uma vez que a previsão majoritária é de que o Fed manterá os juros básicos nos níveis atuais, após elevá-los pela primeira vez em 13 meses em dezembro.

Além disso, devem monitorar a abertura dos trabalhos no STF, que poderá escolher o novo relator da ação da Lava Jato por meio de sorteio, e o cenário político com a eleição para presidente do Senado.

O indicador oficial da atividade industrial da China recuou em janeiro, embora tenha ficado em território expansionário, de acordo com dados oficiais divulgados hoje.

O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) da indústria recuou para 51,3 em janeiro de 51,4 no mês anterior, apontando para uma leve desaceleração e a segunda queda seguida do indicador.

Números acima de 50 indicam expansão das atividades, enquanto uma leitura abaixo desse patamar representa contração.

O subíndice de novas encomendas caiu para 52,8 de 53,2 em dezembro, enquanto o subíndice de produção caiu para 53,1 de 53,3, de acordo com o governo.

O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços da China subiu para 54,6 em janeiro de 54,5 em dezembro, de acordo com informações do Escritório Nacional de Estatísticas.

O subíndice de serviços subiu para 53,5 de 53,2 em dezembro, mas o subíndice de construção caiu para 61,1 de 61,9, segundo o governo. O indicador de novas encomendas caiu para 51,3, de 52,1.

O PMI de serviços cobre serviços incluindo varejo, aviação e software bem como o setores imobiliários e de construção.

O Ibovespa apresentou ontem um sessão de repique, movimento natural após a forte queda de segunda-feira.

Deveremos ter uma abertura em alta, com teste da média móvel exponencial de 5 períodos como resistência.

IBOVESPA às 11:27

A tendência seria de uma queda ao longo do dia.

Bons negócios!

Wagner Caetano 
Diretor da Top Traders
para o Cartezyan e para o InfoMoney

Nenhum comentário:

Postar um comentário