quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Mercado digere o FED


Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas fecharam em queda generalizada.

China mercado fechado e Japão -1,22%.

Europa opera sem direção única.

Londres +0,25%; Frankfurt -0,38%; Paris +0,02%.

A inflação medida pelo índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) na zona do euro superou as expectativas em dezembro, tanto na comparação mensal quanto na anual.

Dados da Eurostat, a agência oficial de estatísticas da União Europeia, mostram que o PPI do bloco subiu 0,7% em dezembro ante novembro e avançou 1,6% no confronto anual, registrando neste segundo caso a maior alta desde janeiro de 2013.

Já o núcleo do PPI, que exclui os preços de energia, subiu 0,3% em dezembro ante novembro e mostrou alta de 0,9% ante igual mês de 2015, informou a Eurostat.

Cobre opera estável.

Petróleo Brent sobe 1,07%, a US$ 57,41 por barril, na ICE, enquanto o WTI avança 0,76%, a US$ 54,29 por barril, na Nymex.

Dow Jones futuro cai 0,25%; S&P 500 recua 0,26%; Nasdaq perde 0,35%.

A agenda de indicadores dos Estados Unidos desta quinta-feira traz como destaque o índice de produtividade da mão de obra para o quarto trimestre (11h30) e o índice de condições empresariais de Nova York (12h15), medido pelo Instituto para a Gestão da Oferta (ISM). 

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse ontem que o sorteio para a definição do novo relator da Operação Lava Jato deve ser realizado quinta-feira (2).

Decano da Corte, o ministro afirmou que a distribuição dos processos há de ser realizada entre os juízes da Segunda Turma, à qual pertencia o ministro Teori Zavascki, morto em acidente aéreo no mês passado. Para Celso de Mello, a Operação Lava Jato "não está e nem estará" sob risco.

O Federal Reserve (Fed, o banco central americano), manteve ontem, 1º, a taxa de juros na primeira reunião desde que Donald Trump assumiu a presidência dos EUA, mas projetou cenário relativamente positivo da economia, sugerindo que estava no caminho para apertar a política monetária neste ano.

O Fed informou que os ganhos no emprego continuaram sólidos, que a inflação havia subido e que a confiança econômica estava crescendo, embora não tenha dado nenhum sinal firme sobre o momento de seu próximo ajuste nos juros.

“As medidas de confiança de consumidores e das empresas melhoraram”, informou o Fed em declaração unânime após a reunião de dois dias, na qual deixou sua taxa de juros na faixa de 0,50% a 0,75%.

Os membros do Fed também destacaram que o desemprego ainda está perto de sua recente baixa, atualmente em 4,7%, nível que muitos consideram ser de pleno emprego.

Clique para ampliar

O Ibovespa teve uma sessão positiva, porém deixou longa sombra superior, mostrando pressão vendedora ao longo da sessão.

Podemos esboçar o desenho de um ombro-cabeça-ombro inclinado, padrão de queda no gráfico diário.

Se a linha que une os últimos fundos for perdida, acionará a figura.

Bons negócios!

Wagner Caetano, da TopTraders, para o Cartezyan
contato@toptraders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário