quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Metais em baixa podem pressionar o Ibovespa


Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas fecharam sem direção única.

China +0,07% e Japão -0,09%.

O governo da China emitiu uma resposta equilibrada nesta quinta-feira à nomeação pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, de um cético sobre o comércio com os chineses para monitorar a política comercial e industrial norte-americana. "A China, como todos os outros países, está observando atentamente a direção política que os EUA irão tomar", afirmou uma porta-voz do Ministério das Relações Exteriores em Pequim. "A cooperação é a única escolha correta para os dois lados."

Trump nomeou na quarta-feira Peter Navarro como diretor do Conselho Nacional de Comércio, um órgão recém-criado da Casa Branca. Navarro, assessor de campanha de Trump e professor da Universidade da Califórnia, sustenta que o acesso da China à Organização Mundial de Comércio (OMC) em 2001 cortou pela metade o crescimento econômico dos EUA e custou ao país 70 mil empregos no setor industrial.


Velho mundo tem baixa generalizada.

Londres -0,12%; Frankfurt -0,08%; Paris -0,11%.

Metais operam em queda, com liquidez reduzida.

O minério de ferro com pureza de 62% negociado no Porto de Tianjin, na China, caiu 2,8% no mercado à vista, indo a US$ 77,1 a tonelada seca, de acordo com dados do The Steel Índex. Já o insumo com teor de concentração de 62% de ferro e de 2% de alumínio cotado no Porto de Qingdao caiu 2,8% e foi a US$77,5 a tonelada seca.

O cobre cede 1,27% em Londres e tem baixa de 1,22% em Nova York.

Petróleo opera em alta marginal, assim como os futuros norte-americanos.

O Banco Central piorou a previsão de contração do Produto Interno Bruto (PIB) para 2016. No Relatório Trimestral de Inflação (RTI), divulgado nesta manhã, a estimativa do PIB para este ano passou de queda de 3,3% para um recuo 3,4%. Em 2015, o PIB registrou contração de 3,8%.

Entre as componentes do PIB, o BC projeta contração de 3,5% do setor industrial este ano, ante previsão anterior de queda de 3,3%. Para o setor agrícola, o Relatório Trimestral de Inflação aponta contração de 5,9%, ante queda de 2,2% citada em setembro. Para os serviços, o documento cita expectativa de queda de 2,5%, ante previsão de -2,7% registrada antes.

O Ibovespa sinaliza um pull back na região de 58.100, respeitando o ponto como barreira.

Espera-se para hoje uma sessão com volume reduzido e viés de baixa.

Bons negócios

Wagner Caetano
TopTraders e Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário