sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Relatório de emprego em destaque


Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas fecharam em baixa generalizada.

China +0,12% e Japão -1,34%.

Europa opera com o ursos no comando.

Londres -1,29%; Frankfurt -0,84%; Paris -0,90%.

Dow Jones futuro cai 0,10%; S&P 500 recua 0,04%; Nasdaq perde 0,03%.

Petróleo WTI tem baixa de 0,04%, a US$ 44,64 por barril, na Nymex, enquanto o Brent recua 0,41%, a US$ 46,16 por barril, na ICE.

O relatório de emprego dos EUA (o chamado payroll), que será publicado às 10h30 (de Brasília), terá de ser "extraordinariamente ruim" para evitar que o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) volte a elevar juros na reunião de dezembro, segundo avaliação do Commerzbank.

Nesta semana, o Fed decidiu manter os juros básicos inalterados, mas sinalizou que poderá aumentá-los no próximo mês.

As previsões da Dow Jones Newswires para o relatório são de que os EUA criaram 173 mil postos de trabalho em outubro e que a taxa de desemprego caiu a 4,9%, de 5% no mês anterior. 

Após o Palácio do Planalto atuar nos bastidores em favor de Renan Calheiros (PMDB-AL), o Supremo Tribunal Federal (STF) adiou o fim do julgamento que deve proibir réus em ações penais de ocupar cargos na linha sucessória da Presidência da República.

Ontem, 03, o plenário formou maioria para impedir parlamentares que respondem a ação penal de assumir o comando da Câmara e do Senado. O ministro Dias Toffoli, porém, pediu vista do processo, e a análise do caso foi suspensa por tempo indeterminado.

Dos oito ministros presentes à sessão, seis já votaram por acatar os argumentos da ação ajuizada pela Rede Sustentabilidade em maio deste ano, cujo alvo era o agora deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O ministro Celso de Mello, que votaria após Toffoli, pediu para antecipar seu voto e acompanhou o relator Marco Aurélio Mello. Os ministros ainda podem mudar o voto quando o julgamento for retomado - a confirmação dos posicionamentos de ontem coloca em risco a permanência de Renan na presidência do Senado.

O Ibovespa está sob pressão vendedora no curto prazo, o que ameaça a tendência terciária do benchmark.

Temos dois candles vermelhos com massa e volume.

A LTA em fúcsia deverá ser testada entre hoje e segunda-feira, assim como o topo anterior em 60.310, onde teremos ficará mais claro se temos correção ou mudança de direção.



Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan
TopTraders
contato@toptraders.co,.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário