quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Eleições norte-americanas no radar



Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa.

China +0,84% e Japão -1,76%.

O índice dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços da China medido pela Caixin Media subiu para 52,4 em outubro, de 52,0 em setembro, segundo dados divulgados há pouco. Uma leitura acima de 50 indica expansão das atividades do setor, enquanto um número abaixo desse patamar representa contração.  

Velho mundo teve sessão de desvalorização ontem e hoje temos alta, com exceção de Londres que cede 0,20%.

Frankfurt +0,32% e Paris +0,73%.

Petróleo WTI sobe 0,97%, a US$ 45,78 por barril, na ICE, enquanto o Brent avança 1,09%, a US$ 47,37 por barril, na Nymex.

Dow Jones futuro sobe 0,22%; Nasdaq recua 0,03%; S&P 500 tem alta de 0,20%.

A economia dos países da zona do euro, de 10 trilhões de euros (US$ 11,1 trilhões), pode se beneficiar do voto do Reino Unido para sair da União Europeia, caso as empresas redirecionem investimento para a região da moeda comum ou companhias de serviços financeiros deixem Londres, afirmou o Banco Central Europeu (BCE) nesta quinta-feira.

Em seu boletim econômico mensal, o BCE disse que o voto de 23 de julho pela saída do Reino Unido da UE até agora gerou efeitos negativos limitados para a economia da zona do euro. A instituição advertiu, porém, que efeitos adversos não podem ser descartados mais adiante. Por outro lado, apontou também para potenciais benefícios.

"A atividade na zona do euro poderia ser estimulada, por exemplo pela possível realocação de serviços financeiros ou pelo aumento nos fluxos de investimento estrangeiro direto na zona do euro redirecionados do Reino Unido", afirmou o BCE.

Os dirigentes do BCE já mostraram preocupação com possíveis ventos contrários na economia após o voto no Reino Unido pela saída da UE. O presidente do BCE, Mario Draghi, advertiu os líderes da UE no fim de junho que isso poderia levar à queda de 0,5 ponto porcentual no crescimento acumulado da zona do euro ao longo de três anos.

A Suprema Corte do Reino Unido decidiu nesta quinta-feira que o governo da primeira-ministra Theresa May precisará da aprovação do Parlamento para detonar o processo de saída da União Europeia, o chamado Brexit. A decisão é um revés para o governo do país, que não poderá levar o processo adiante de maneira unilateral. O governo já anunciou que está "decepcionado" com a decisão judicial e que recorrerá, dizendo-se determinado a seguir adiante com o processo do Brexit.

A cinco dias da eleição americana, o presidente Barack Obama criticou ontem a decisão do FBI de anunciar uma investigação sobre os e-mails de uma das assessoras de Hillary Clinton e fez o seu mais contundente discurso em defesa da aliada democrata. Com pesquisas mostrando uma disputa cada vez mais acirrada, Obama disse que o republicano Donald Trump é uma ameaça à democracia nos EUA.

Clique para ampliar

O gráfico diário do Ibovespa apresenta um candle de massa, com volume acima da média, com fechamento abaixo da média móvel exponencial de 5 períodos, um marobuzu, barra elefante ou barra de ignição, como cada investidor preferir chamá-la.

A perda da mínima de terça-feira (63.018), caso ocorra, acionaria esse candle, portanto a sessão de hoje será relevante.

Bons negócios!

Wagner Caetano
Diretor da TopTraders
Especial para o Cartezyan


Nenhum comentário:

Postar um comentário