quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Deutsche Bank no radar


Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas fecharam em território negativo.

China -0,34% e Japão -1,31%.

No velho mundo tudo verde, refletindo a alta das bolsas norte-americanas no período da tarde de ontem.

Londres -0,91%; Frankfurt +1,13%; Paris +0,96%.

Dow Jones futuro sobe 0,08%; S&P 500 avança 0,03%; Nasdaq ganha 0,09%.

Os futuros de petróleo operam em alta significativa nesta manhã, após sofrerem um tombo de quase 3% na sessão anterior, recuperando-se em reação a uma nova queda nos estoques dos EUA e com os investidores aguardando o resultado de um encontro informal da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) na Argélia.

Às 9h30 (de Brasília), o Brent para dezembro, que já é o mais líquido na IntercontinentalExchange (ICE), subia 1,78%, a US$ 47,35 por barril, enquanto o contrato para novembro tinha alta de 1,76%, a US$ 46,78 por barril. Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o WTI para novembro avançava 1,46% no mesmo horário, a US$ 45,32 por barril.

No fim da manhã de hoje, será divulgada a pesquisa oficial, do Departamento de Energia (DoE) norte-americano. Analistas preveem que o levantamento do DoE mostrará aumento de 3,1 milhões nos estoques de petróleo bruto dos EUA na última semana.

Também nesta quarta-feira, integrantes da Opep terão discussões informais na Argélia sobre possíveis limites à produção de petróleo, mas várias autoridades vêm avisando desde o começo da semana que o encontro será apenas para "consultas". Isso significa que um eventual acordo para congelar ou reduzir a produção poderá ser adiado para novembro, quando a Opep terá sua reunião de cúpula. 

O minério de ferro com pureza de 62% cotado no porto de Tianjin, na China, caiu 0,5% no mercado à vista e foi a US$ 55,9 a tonelada seca, de acordo com dados do The Steel Index. Já o insumo com teor de pureza de 62% de ferro e de 2% de alumínio recuou 0,2%, para US$ 56,3 a tonelada seca. 

O Ministério das Finanças da Alemanha rechaçou nesta quarta-feira o conteúdo de uma reportagem segundo a qual o governo e reguladores estariam preparando um plano de resgate para o Deutsche Bank, caso ele faça um requerimento de mais capital.

Nesta quarta-feira, o semanário Die Zeit informou, sem nomear fontes, que autoridades em Berlim, Bruxelas e Frankfurt trabalhavam em um plano para a eventualidade de o Deutsche Bank necessitar de capital adicional para acertar processos judiciais, caso a instituição não consiga levantar fundos no mercado.

Ontem o Ibovespa teve um movimento de recuperação intraday após violar a LTA de médio prazo, marcada em azul no gráfico diário.

IBOVESPA Intraday - junho a setembro
clique para ampliar

IBOVESPA intraday - ontem
clique para ampliar


A sombra inferior sugere entrada de força compradora, sendo o pregão de hoje importante para testar a força dos touros.

O desenho do OCO permanece inalterado.


Bons negócios!


Wagner Caetano / TopTraders / Cartezyan
contato@toptraders.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário