terça-feira, 20 de setembro de 2016

Bolsas em alta, commodities em baixa


Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas fecharam em baixa.

China -0,10% e Japão -0,16%.

Velho mundo opera em alta.

Londres +0,54%; Frankfurt +0,64%; Paris +0,36%.

O minério de ferro com pureza de 62% entregue no Porto de Tianjin, na China, fechou hoje estável em US$ 55,3 a tonelada seca, de acordo com dados do The Steel Index. O insumo com teor de concentração de 62% de ferro e de 2% de alumínio, também fechou estável no Porto de Qingdao, ficando em US$ 55,5 a tonelada seca. 

O petróleo WTI cai 1,12%, a US$ 43,37 por barril, na Nymex, enquanto o Brent recua 1,09%, a US$ 45,45 por barril, na ICE.

Dow Jones futuro sobe 0,23%; S&P 500 avança 0,28%; Nasdaq ganha 0,29%.

A Petrobras anuncia seu plano de negócios 2017-2021, que traz como destaques das metas financeiras o corte de investimentos e redução do nível de endividamento, como já era esperado pelo mercado.

A métrica financeira principal é de reduzir em 2018 a alavancagem para 2,5 vezes a relação dívida líquida sobre o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), na comparação com o indicador de 5,3 vezes anotado em 2015.

O novo plano prevê corte nos investimentos totais de 25%, para US$ 74,1 bilhões ante US$ 98,4 bilhões da última revisão do plano 2015-2019, ocorrida em janeiro passado. O último plano, divulgado em junho de 2015, previa investimentos totais de US$ 130 bilhões, mas passou por revisões e então ficou 30% menor.

O gráfico diário do Ibovespa mostra sombra superior no pregão de ontem, com os vendedores pressionando no período da tarde, após toque na média móvel exponencial de 21 períodos.


IBOVESPA - trecho marcado = ontem à tarde
CLIQUE PARA AMPLIAR

Hoje deveremos ter novamente uma abertura positiva, talvez seguida por vendas.

Bons negócios!

TopTraders
Wagner Caetano

Nenhum comentário:

Postar um comentário