segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Dilma no Senado


Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas fecharam sem direção única.

Praças menores tiveram queda generalizada, enquanto na China houve baixa marginal de 0,01% e forte alta no Japão (+2,30%).

O lucro das maiores empresas do setor industrial da China aumentou 11% em julho ante igual mês do ano passado, depois de avançar em ritmo bem mais fraco em junho, de 5,1%, segundo dados publicados pelo Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês) do país, informou a agência de notícias estatal chinesa Xinhua.

Os ganhos de companhias da indústria chinesa com receita anual superior a 20 milhões de yuans (em torno de US$ 3 milhões) totalizaram 523 bilhões de yuans em julho.

No período de janeiro a julho, o lucro industrial chinês subiu 6,9% na comparação anual, a 3,52 trilhões de yuans. No primeiro semestre, os ganhos do segmento industrial haviam mostrando expansão anual de 6,2%.

Velho mundo inicia a semana em modo vermelho.

Londres fechado; Frankfurt -0,67%; Paris -0,81%.

Futuros norte-americanos operam de lado.

Petróleo Brent cai 1,38%, a US$ 49,46 por barril, na ICE, enquanto o WTI recua 1,30%, a US$ 47,02 por barril, na Nymex.

Cobre tem alta de 0,12%, na Comex.

No primeiro Relatório de Mercado Focus divulgado após o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) de agosto, os economistas do mercado financeiro elevaram as previsões para a inflação tanto em 2016 quanto em 2017.

Para 2017, que é o foco do Banco Central, o mercado segue projetando um cenário de inflação menor, mas desta vez a estimativa subiu de 5,12% para 5,14%. Há quatro semanas, estava em 5,20%. A projeção para a inflação oficial neste ano, medida pelo IPCA, subiu de 7,31% para 7,34%. Um mês antes, estava em 7,21%.

Na última quarta-feira, dia 24, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o IPCA-15 em agosto subiu 0,45%. Foi menos que o 0,54% de elevação de julho e a taxa ficou próxima da mediana de 0,46% esperada pelo mercado. No acumulado de 12 meses, porém, o IPCA-15 de agosto atingiu 8,95%, num claro sinal de que a inflação segue resistente.

A meta perseguida pelo Banco Central em 2016 e 2017 é de 4,5% para o IPCA, com tolerância de 2 pontos porcentuais para este ano e 1,5 ponto para o próximo.

A presença hoje da presidente afastada, Dilma Rousseff, na sessão de julgamento do processo do seu impeachment no Senado não deve reverter o cenário que aponta para a sua saída definitiva nas próximas. Ainda assim, esse momento histórico será acompanhado de perto pelos mercados domésticos e pela imprensa internacional.

Dilma não estará sozinha e no Senado o clima é de apreensão. Pelo menos 30 pessoas devem acompanhá-la, entre elas o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ex-ministros e artistas, como o cantor e compositor Chico Buarque. A primeira mulher a presidir o País deve tratar o seu afastamento como golpe e os senadores adversários prometem "revidar" caso o termo seja usado. 

O Ibovespa quebrou uma sequência de 10 semanas de alta e marcou topo.

IBOVESPA, gráfico semanal = clique para ampliar

O movimento prévio é de alta, sendo que o mais natural é uma correção técnica de preços antes de novas escaladas.

Temos a média móvel exponencial de 5 períodos apontada para baixo e uma cunha ascendente acionada.

O forte suporte em 57.605 segurou os preços e será decisivo nesse início de semana.

Bons negócios!

Wagner Caetano
TopTraders
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário