sexta-feira, 17 de junho de 2016

Green Friday


Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas fecharam em alta generalizada.

China +0,43% e Japão +1,07%.

Europa opera com valorização.

Londres +1,00%; Frankfurt +0,44%; Paris +0,93%.

Petróleo WTI sobe 2,01%, a US$ 47,14 por barril, na Nymex, enquanto o Brent avança 2,56%, a US$ 48,39 por barril, na ICE.

Os contratos futuros de cobre operam em alta na manhã desta sexta-feira, com o enfraquecimento do dólar.

Além disso, a manhã é de maior apetite por risco nos mercados internacionais, o que também ajuda o metal.

Às 9h15 (de Brasília), o cobre para três meses subia 0,79%, a US$ 4.580 a tonelada, após registrar uma forte queda na quinta-feira. Às 9h16, o cobre para julho avançava 0,32%, a US$ 2,0545 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

O preço do minério de ferro subiu 1% no mercado à vista chinês, cotado a US$ 50,7 por tonelada seca, de acordo com dados do The Steel Index. Esse valor segue a referência do insumo com teor de concentração de 62% negociado no porto de Tianjin, na China.

Na semana, o minério de ferro acumulou alta de 0,4%. No ano, porém, soma perdas de 6,8%. 

O Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira traz publicada a exoneração, a pedido, do peemedebista Henrique Eduardo Alves do cargo de ministro do Turismo.

Henrique Alves pediu demissão ontem, depois da divulgação de que seu nome tinha sido citado pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado em delação premiada.

Alves é o terceiro ministro a deixar o governo do presidente em exercício, Michel Temer, em decorrência das investigações da Operação Lava Jato. Antes, já haviam saído do ministério de Temer o também peemedebista Romero Jucá, do Planejamento, e Fabiano Silveira, que comandava a pasta da Transparência, ex-CGU.

O gráfico diário do Ibovespa tocou a respeitou a retração de 61,8% de Fibonacci e ainda fechou na máxima e acima da LTA mais recente tracejada na imagem.

Temos um provável fundo duplo em formação.

Se romper 49.750-49.900, passará confiança na compra para o curto prazo, tendo desafios entre 50.500 e 50.165 em seguida, além da média móvel exponencial de 21 períodos.

Bons negócios!

Wagner Caetano
Diretor da TopTraders e do Cartezyan



Nenhum comentário:

Postar um comentário