sexta-feira, 27 de maio de 2016

Ressaca


Bom dia investidor!

Mercado vive uma semana com menor volatilidade e volume abaixo da média, muito provavelmente em razão do feriado de Corpus Christi.

Sexta-feira passada, dia 19/05, os estrangeiros fecharam a semana comprados em 54.505 contratos de índice futuro. Hoje amanheceram com saldo positivo de 59.689.

Dia 19/05 o Ibov fechou cotado a 50.132. Hoje inicia o pregão aos 49.482, fechamento de quarta-feira.


Isso significa que poderíamos ter uma queda de maiores proporções, mas os estrangeiros montaram posição em alguns ativos e evitaram uma queda relevante no período.

No continente asiático as bolsas fecharam em terreno positivo, com exceção da China que caiu simbólicos 0,05%.

Japão +0,37%.

Europa tem inclinação de alta, porém hoje opera sem direção definida.

Londres -0,09%; Frankfurt +0,14%; Paris -0,21%.

Petróleo Brent recua 1,45% na ICE, enquanto o WTI cai 1,25% na Nymex.

Nos EUA, o PIB (2ª estimativa) subiu 0,8% na taxa anualizada no 1º trimestre; previsão +1,0%.

O preço do minério de ferro subiu 2% no mercado à vista chinês e foi a US$ 50,9 por tonelada seca, de acordo com dados do The Steel Index.

No acumulado da semana, no entanto, o recuo foi de 8,6%.

Esse valor segue a referência do insumo com teor de concentração de 62% negociado no porto de Tianjin, na China. 

Novas gravações da delação de Sérgio Machado, que estouraram no feriado, atingiram em cheio o PMDB e têm impacto imprevisível para o governo Temer e os esforços de recuperação da economia.

O gráfico diário do Ibovespa mostra que o benchmark passou a semana tentando anular o pivot de baixa, ao ensaiar testes de rompimento do ponto que o confirmou: 49.910.

Porém fracassou nas tentativas.

Um fechamento acima dessa região seria um sinal interessante para o curto prazo.

Bons negócios!


Wagner Caetano


Diretor da TopTraders e do Cartezyan


Nenhum comentário:

Postar um comentário