terça-feira, 3 de maio de 2016

Chumbo nas commodities



Estrangeiros reduziram a posição comprada no índice futuro de 68.450 para 64.309 contratos no pregão de ontem.

Na Ásia, os fechamentos foram mistos.

China +1,85%, com quedas em praças menores como Hong Kong e Taiwan e alta na Coréia e Austrália.

Tóquio não operou devido a um feriado.

O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial da China, medido pela Caixin Media, caiu de 49,7 em março para 49,4 em abril, divulgou a Markit Economics.

Na passagem de março para abril, todas as categorias do índice pioraram, ainda que marginalmente. O subíndice de produção ficou abaixo de 50, o que mostra que houve contração em relação ao mês anterior. Já o total de novas encomendas permaneceu estagnado e o de exportações caiu pelo quinto mês consecutivo.

"As flutuações indicam a economia carece de uma base sólida para a recuperação e ainda está em processo de assentamento. O governo precisa manter uma estreita vigilância sobre o risco de uma nova recessão econômica", disse He Fan, economista-chefe do Caixin Insight Group, que faz leitura independente de dados econômicos.

Na madrugada de domingo, o Escritório Nacional de Estatísticas da China informou que o índice dos gerentes de compras (PMI) industrial oficial desacelerou para 50,1 em abril, frente a um resultado de 50,2 no mês anterior. 

No velho mundo a palavra de ordem é venda.

Londres -0,97%; Frankfurt -1,81%; Paris -1,35%.

Dow Jones futuro recua 0,62%; Nasdaq perde 0,61%; S&P 500 perde 0,63%.

A União Europeia piorou a previsão para a recessão brasileira em 2016. Estimativas divulgadas no relatório econômico da primavera mostram que Bruxelas espera contração do Produto Interno Bruto (PIB) de 3,7% este ano, pior que a expectativa anterior de queda de 3%.

Para 2017, a autoridade europeia manteve a previsão de ligeiro crescimento de 0,3%.

Entre 64 países, blocos econômicos e regiões com previsões detalhadas pela UE, o Brasil tem os priores números para 2016 e 2017.

Depois do feriado do dia do Trabalho, o preço do minério de ferro na China caiu 4,1% no mercado à vista e foi a US$ 62,5 a tonelada seca, de acordo com dados do The Steel Index.

Esse valor segue a referência do insumo com teor de concentração de 62% negociado no porto de Tianjin, na China. 

Petróleo opera com perdas em Londres e Nova York, assim como o cobre, que recua 1,15% na Comex.

Ibovespa deverá testar na sessão de hoje dois importantes pontos no gráfico diário: 53.415 e a LTB destacada em vermelho, cuja perda projeta teste de 52.260.


Bons negócios e até amanhã!

Wagner Caetano
Diretor da TopTraders e do Cartezyan


Nenhum comentário:

Postar um comentário