quinta-feira, 3 de março de 2016

Copom mantém a Selic


Bom dia investidor!

Estrangeiros atuaram mais uma vez na ponta compradora do índice futuro, aumentando o saldo positivo de 178.358 para 179.940 contratos.

Na Ásia tivemos alta de 0,35% na China e avanço de 1,28% no Japão.

O crescimento econômico da China em 2016 deve ficar em "cerca de 6,7%", afirmou nesta quinta-feira Li Daokui, ex-assessor do Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês), referindo-se a uma pesquisa dele.

A segunda maior economia do mundo desacelerou para 6,9% no ano passado e a expectativa geral é de que desacelere mais neste ano.

Europa opera sem direção única.

Londres +0,17%; Frankfurt -0,09%; Paris -0,34%.

O cobre opera em alta na manhã desta quinta-feira, após dados positivos do setor industrial dos Estados Unidos e diante da expectativa entre os investidores de que a China anuncie mais medidas de estímulo econômico em breve.

Às 8h40 (de Brasília), o cobre para três meses subia 0,8%, a US$ 4.830 a tonelada, na London Metal Exchange (LME). Às 9h03, o cobre para maio avançava 0,41%, a US$ 2,1900 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

O mercado aguarda as notícias neste fim de semana do Congresso Nacional do Povo da China, quando autoridades devem delinear planos para revitalizar a economia desse importante consumidor de metais básicos.

Há a expectativa de que mais medidas possam ser anunciadas para estimular a economia da China, nesse encontro. 

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro registrou queda de 3,8% em 2015 ante 2014, informou há pouco o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

No quarto trimestre de 2015, o PIB recuou 1,4% em relação ao trimestre imediatamente anterior, resultado que ficou dentro das estimativas dos analistas, que previam retração de 1,00% a 2,10%, com mediana negativa de 1,60%.

Na comparação com o quarto trimestre de 2014, o PIB apresentou queda de 5,9% no quarto trimestre de 2015.

Ainda segundo o instituto, o PIB do quarto trimestre de 2015 totalizou R$ 1,532 trilhão.

Com esse resultado, o PIB de todo o ano passado somou R$ 5,904 trilhões.

Os técnicos do IBGE concedem entrevista dentro de instantes para comentar os resultados. 

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central resolveu manter pela quinta vez seguida a taxa básica de juros em 14,25% ao ano.

Como nas últimas duas reuniões, a decisão não foi unânime: os diretores Sidnei Marques e Tony Volpon votaram para que a Selic subisse 0,5 ponto porcentual.
IBOVESPA agora às 10h15

O gráfico diário do Ibovespa deixou para trás duas importantes resistências, em 43.600 e 43.766.

De quebra, rompeu 44.235, topo sinuoso e arredondado que iniciou a queda da virada de ano.

Apesar de estar esticado, um teste de 46.250 parece o caminho mais provável para o curto prazo.

Bons negócios!


Um comentário:

  1. Possível delação (na lava jato) do Delcídio está animando o mercado hoje e deixando pra trás esse PIB desastroso.

    OBS: conheci agora o blog "cenário" de vocês, passarei a acompanhar.

    ResponderExcluir