quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Compradores no comando


Bom dia investidor!

Bolsas asiáticas fecharam em direções mistas. Japão -1,36% e China +1,08%.

No velho continente a compra é dominante. Londres +1,44%; Frankfurt +1,89%; Paris +1,90%.

Cobre em alta de 0,68% na Comex.

Petróleo avança 3% na Nymex e 4,01% na ICE.

O ministro de Energia do Catar e atual presidente da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Mohammed al-Sada, está se encaminhando hoje para Teerã para discutir mais tarde um plano para limitar a produção da commodity com ministros do Irã, Venezuela e Iraque, segundo fontes com conhecimento do assunto.

O presidente da Opep está confiante de que o Irã concordará em participar de uma ação coordenada da Opep e de produtores de fora do grupo para congelar a produção em níveis similares aos de janeiro, disseram as fontes.

Arábia Saudita e Rússia, os dois maiores exportadores de petróleo do mundo, além de Venezuela e Catar, anunciaram ontem um acordo, em Doha, para impedir o aumento da produção de petróleo, contanto que outros grandes produtores, como Iraque e Irã, façam o mesmo.

Ontem, porém, o Irã sinalizou que não está disposto a abrir mão de sua fatia no mercado de petróleo. 

Não foi preciso esperar 24 horas para ver que a crise política ainda ferve no Congresso, que o esforço de Dilma em buscar o diálogo é tardio, que a oposição continua pintada para a guerra e aliados não estão convencidos do ajuste fiscal.

Hoje será um dia importante para a presidente, que joga pesado para eleger Picciani líder do PMDB.

Sua vitória não é garantia de vida fácil ao governo, mas uma derrota para Cunha deve piorar tudo.


Clique para ampliar.

O gráfico diário do Ibovespa mostra que o benchmark respeitou a LTA tracejada em vermelho, superou as médias móveis e rompeu a máxima dos últimos 4 pregões, mostrando força.

Detalhe. Clique para ampliar.


Bons negócios!

Wagner Caetano

Cartezyan


Nenhum comentário:

Postar um comentário