segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Bolsas em alta no retorno da China


Bom dia investidor!

Estrangeiros aumentaram o saldo comprado de 143.888 para 149.889 contratos de índice futuro no último pregão.

Na Ásia, tivemos alta generalizada, com destaque para o Japão que subiu impressionantes 7,16% e para a China que ajustou seus preços após o Ano Novo Lunar, com baixa de 0,63%.

As exportações da China medidas em yuans recuaram 6,6% em janeiro em relação ao ano anterior, após um aumento de 2,3% em dezembro, de acordo com informações da Administração Geral das Alfândegas.

As importações medidas em yuans caíram 14,4% em janeiro ante o ano anterior, comparado com um recuo de 4,0% em dezembro.

O saldo comercial do país aumentou em janeiro para 406,2 bilhões de yuans (US$ 62,35 bilhões), de 382,05 bilhões de yuans em dezembro. 

Na Europa, a compra comanda as negociações.

Londres +2,22%; Frankfurt +2,77%; Paris +3,48%.

O cobre avança 2,54% na Comex.

O petróleo sobe 2,24% na Nymex e avança 1,04% na ICE.

O Relatório de Mercado Focus trouxe ainda um reflexo da surpresa com o IPCA de janeiro, acima do teto das estimativas.

No documento divulgado há pouco pelo Banco Central (BC), a mediana das previsões para a inflação de 2016 subiu pela sétima vez consecutiva, de 7,56% para 7,61%.

Com isso, distancia-se ainda mais do teto da meta deste ano, de 6,50%.

Quatro semanas atrás, estava em 7,00%.

Entre as instituições que mais se aproximam do resultado efetivo do índice no médio prazo, denominadas Top 5, a mediana das expectativas manteve-se em 8,13% de uma semana para outra - um mês antes, estava em 7,54%.

clique para ampliar

O gráfico diário do Ibovespa mostra um fechamento forte na sexta-feira, tocando as médias móveis, que estão justapostas e uma linha de tendência de alta (tracejada em vermelho) de curto prazo.

Um fechamento hoje, quando teremos volume acima da média por causa do vencimento das opções, acima das barreiras citadas acima, seria um sinal importante de alta para o curto prazo.

Bons negócios!

Wagner Caetano, do Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário