terça-feira, 19 de janeiro de 2016

China anima o mercado


Bom dia investidor!

Estrangeiros aumentaram o saldo comprado no índice futuro no pregão de ontem, de 114.455 para para 118.606 contratos de índice futuro.

Hoje temos tudo verde na tela.

Japão +0,55%; China +3,2%.

Londres +2%; Frankfurt +2,06%; Paris +2,64%.

Petróleo avança 5,50% em Londres e sobre 2,80% em Nova York.

Cobre tem alta de 2,62%.

Futuros norte-americanos flertam com 2% de valorização.

O PIB da China cresceu 6,9% no período de janeiro a dezembro de 2015, ante o mesmo período de 2014, de acordo com o Escritório Nacional de Estatísticas. O resultado veio em linha com a previsão de 15 economistas consultados pelo Wall Street Journal, mas foi o mais baixo desde 1990.

Ainda assim, o clima é de otimismo, uma vez que os mercados enfrentaram uma turbulência no início do ano devido à especulações de que a desaceleração chinesa poderia ser maior do que o esperada pelos investidores.

Em 2014, a China cresceu 7,3%.

Além disso, diante da expansão chinesa abaixo de 7% há a expectativa de que o gigante asiático anuncie mais estímulos econômicos.

"A China ainda tem um painel de botões na política monetária que podem ser acionados", disse Neil Williams, economista-chefe da Hermes Investment Management, observando que a China pode continuar a desvalorizar sua moeda, prometer um relaxamento quantitativo ou "dar estímulos fiscais", se necessário.

Com isso, as ações das empresas de mineração e de petróleo - que também se recupera das fortes perdas recentes - se destacam entre as maiores altas com a perspectiva de aumento da demanda.

Às 8h58 (de Brasília), os papéis das mineradoras Anglo American, Antofagasta e Glencore avançavam 9,78%, 3,94% e 9,26%, respectivamente, no Reino Unido.

Já as ações da Rio Tinto subiam 4,56%, impulsionadas também por notícias corporativas positivas. Ontem, a empresa informou que embarcou um volume recorde de minério de ferro em 2015, totalizando 336,6 milhões de toneladas, aumento de 11% no ano.

Entre as petrolíferas, a BP tinha alta de 1,88%.

IBOVESPA às 10:10

Espera-se para hoje uma sessão amplamente positiva no Brasil, com sinalização de fundo no gráfico diário.

Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário