terça-feira, 13 de outubro de 2015

Volatilidade na volta do feriado



Bom dia investidor!

Mercado asiático fechou em baixa, em sua maioria. Japão -1,1% e a China foi exceção, subindo 0,17%.

Os futuros de metais básicos operam em baixa após dados fracos de importação da China interromperem a recente recuperação do setor
.
Em setembro, as importações chinesas tiveram queda anual de 20,4%, bem maior do que o declínio previsto de 16,5%, segundo dados de Pequim. A China é o maior consumidor mundial de metais, respondendo por quase metade da demanda por zinco, por 45% da de cobre e por 40% da de chumbo.

Em meados do ano, os metais atingiram mínimas em vários anos em meio a preocupações com a desaceleração da China, que está sujeita a não cumprir sua meta de crescer 7% em 2015.

Na Europa, a venda é dominante nessa terça-feira. Londres: -0,84%; Frankfurt -1,37%; Paris -1,36%.

O índice de expectativas econômicas da Alemanha caiu para 1,9 em outubro, de 12,1 em setembro, segundo dados divulgados hoje pelo instituto alemão ZEW. O resultado veio bem abaixo da expectativa de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que previam recuo menor do indicador, a 6,9.

O índice de condições atuais do ZEW, por sua vez, recuou para 55,2 neste mês, de 67,5 em setembro. Também neste caso, a previsão dos analistas era de queda menos acentuada do índice, para 64,7.

Dow Jones futuro cai 0,40%; S&P 500 recua 0,47%; Nasdaq perde 0,56%.

O índice de otimismo das pequenas empresas dos EUA, medido pela Federação Nacional de Empresas Independentes (NFIB, na sigla em inglês), subiu para 96,1 em setembro, de 95,9 em agosto. O resultado do mês passado surpreendeu positivamente, uma vez que analistas consultados pela Dow Jones Newswires previam queda do indicador, a 95,0. A leitura, porém, se manteve abaixo da média de longo prazo, que é de 98,0. Dos subíndices que compõem o indicador, sete avançaram levemente em setembro, enquanto três recuaram.
 
Petróleo sobe 0,34% em Londres e cai 0,06% em Nova York.

O Credit Suisse rebaixou Itaú, Bradesco, BB e Santander de neutro para underperform.

Cortou ainda sua expectativa para o preço-alvo dos papéis e como justificativa mencionou o potencial de valorização das ações dessas instituições e a perspectiva de fracos resultados nos próximos anos. Manteve, porém, recomendação neutra para Banrisul em meio ao potencial de valorização dos papéis.

Já o UBS manteve a recomendação para grandes bancos brasileiros, mas cortou o preço-alvo das ações
,
Neste fim de semana, o algoz da presidente, Eduardo Cunha, confirmou que decidirá, nesta 3ªF, sobre o pedido de impeachment de Hélio Bicudo.

O Planalto já dá como certa a instalação de um processo na Câmara e, sem votos para impedir esse desfecho, prepara sua defesa.

O relatório Focus divulgado mais cedo apontou IPCA para 2015 de 9,53% para 9,70% e a retração do PIB para 2015 de 2,85% para 2,97%.

O gráfico diário do Ibovespa mostra teste da importante resistência em 49.395.


Para hoje, o cenário mais provável é de uma correção, com suportes imediatos na média móvel exponencial de 5 períodos.

Um recuo até a região entre 47.900 e 48.100 não surpreenderia.

Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário