quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Vencimento do índice futuro no radar


Bom dia investidor.

Após trabalharem por dois pregões na venda, ontem os estrangeiros atuaram na compra do índice futuro, elevando a posição de 122.551 para 125.510 contratos.

Na Ásia tivemos baixa generalizada. Japão -1,89% e China -0,93%.

Na Europa, a maioria das praças trabalha em terreno negativo. Londres -0,43%; Frankfurt -0,47%; Paris +0,04%.

Dow Jones Futuro cai 0,07%; S&P 500 recua 0,01%; Nasdaq cai 0,02%.

O cobre sobe 0,44% na Comex.

O petróleo negociado na Nymex avança 0,13% e o Brent recua 0,04% na Ice.

O preço do minério de ferro recuou 1,1% no mercado à vista chinês, indo a US$ 54,3 a tonelada seca, de acordo com dados do The Steel Index. Esse valor segue a referência do insumo com teor de concentração de 62% negociado no Porto de Tianjin, na China. 

A Alemanha deve crescer um pouco menos neste ano que o previsto anteriormente, mas a economia do país segue em uma trajetória positiva, diante do forte consumo privado, de acordo com o Ministério da Economia alemão. Agora, o governo prevê crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 1,7% para este ano, quando anteriormente projetava 1,8%.

Apesar de ontem ter sido um dia de muita pressão sobre os ativos domésticos, para o governo foi uma oportunidade de ganhar um respiro e tentar traçar estratégias para seguir adiante. Os holofotes, que ontem estiveram todos no presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltam a se dividir entre vários personagens do atual drama encenado em Brasília e hoje estarão também no ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que irá ao Plenário da Câmara para explicar a atual crise econômica. As três liminares do Supremo Tribunal Federal suspendendo o rito diferenciado para a abertura do processo de impeachment podem fazer com que Cunha amenize seu tom em relação ao governo e até mesmo aceite uma trégua. 

Hoje temos vencimento do índice futuro, contrato V15.

A liquidez já migrou logo cedo para o Z15, que negociará até dezembro.

Clique para ampliar.

O gráfico diário do Ibovespa mostra uma tentadora correção até dois pontos de forte suporte: LTB destacada em azul e média móvel exponencial de 21 períodos.

Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan


Nenhum comentário:

Postar um comentário