terça-feira, 20 de outubro de 2015

Pedido de impeachment deverá ser aceito


Bom dia investidor!

Estrangeiros atuaram na compra no pregão de ontem, elevando a posição comprada de 104.680 para 105.255 no índice futuro.

Ásia fechou com viés positivo. Japão: +0,42% e China +1,14%.

A perspectiva de que Pequim amplie seus arsenal de estímulos monetários e fiscais, após dados mostrarem que a China cresceu no terceiro trimestre no ritmo mais fraco desde 2009, contribuiu para o tom positivo dos mercados locais

Europa trabalha no vermelho. Londres: -0,28%; Frankfurt -0,34%; Paris -0,75%.

Petróleo avança 0,41% na Nymex e 0,21% na Ice.

A agenda de eventos dos Estados Unidos desta terça-feira traz como destaque o discurso da presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Janet Yellen, às 13h. O presidente do Fed de Nova York, William Dudley, e o diretor da autoridade monetária Jerome Powell se pronunciam às 11h. Ambos votam nas reuniões de política monetária neste ano. Além disso, expiram os contratos de petróleo para novembro na Nymex, após o encerramento da sessão. 

Futuros norte-americanos cedem em torno de 0,30%.

Na Câmara, a oposição deixou para amanhã, 4ªF, a entrega do novo pedido de impeachment de Bicudo contra Dilma. A expectativa é de que esta será a peça que Cunha aceitará.


O gráfico diário do Ibovespa mostra as três últimas mínimas mais altas sucessivamente.

Isso após tocar e respeitar um suporte em 46.480.

Podemos considerar a queda recente um pull back do OCOI rompido.

A consolidação da compra ocorrerá, de fato, se houver fechamento acima de 48.000.

Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário