quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Bolsas em alta mundo afora


Bom dia investidor!

Estrangeiros aumentaram o saldo comprado no índice futuro de 97.206 para 97.872 contratos no pregão de ontem.

Bolsas asiáticas fecharam em alta generalizada. Japão +1,92% e China +0,48%.

Na Europa as praças estão voláteis, mas seguindo firme em terreno positivo. Londres +1,08%; Frankfurt +0,06%; Paris +0,78%.

Os futuros de petróleo operam em forte alta nesta manhã, em linha com outras commodities, como o cobre, em meio a uma melhora do sentimento após novos dados mostrarem um discreto avanço na atividade manufatureira da China.

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) oficial do setor industrial chinês subiu ligeiramente para 49,8 em setembro, de 49,7 em agosto, superando a previsão dos analistas, que era de estabilidade do indicador. A China é o segundo maior consumidor mundial de petróleo.

Os mercados de petróleo também acompanham os últimos acontecimentos na Síria, onde a Rússia lançou seus primeiros ataques aéreos ontem. A intervenção de Moscou contribuiu para elevar as incertezas no Oriente Médio, a maior região produtora de petróleo do mundo.

O Brent para novembro sobe 1,88%, a US$ 49,28 por barril, na plataforma eletrônica ICE, em Londres, enquanto o petróleo para o mesmo mês negociado na Nymex tem alta de 2,46%, a US$ 46,20 por barril.

Os futuros de cobre operam em alta em Londres e Nova York. O cobre para três meses negociado na London Metal Exchange (LME) sobe 0,8%, a US$ 5.198,50 por tonelada Na Comex, o cobre para dezembro tem alta de 1,07%, a US$ 2,3660 por libra-peso.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) adiou para a sessão da manhã desta quinta-feira, 1º, o julgamento de uma das ações que pedem a cassação de mandato da presidente Dilma Rousseff. Os ministros irão discutir se abrem a ação de impugnação proposta pelo PSDB para permitir a investigação dos fatos relacionados à campanha petista de 2014. Já há maioria formada na Corte para permitir que o caso seja reaberto, mas a conclusão do julgamento foi interrompida há um mês por um pedido de vista feito pela ministra Luciana Lóssio. 

O vice-presidente Michel Temer afirmou acreditar que a reforma ministerial vai ser anunciada somente na sexta-feira, 2. Segundo ele, a presidente Dilma Rousseff ainda tem "muita coisa" para decidir em relação à nova configuração da Esplanada. "Não sei se não vai ficar para sexta-feira. Tem muita coisa para resolver ainda", disse. A expectativa era que as medidas fossem anunciadas nesta quinta. A presidente, inclusive, havia marcado uma viagem para sexta, ao interior da Bahia, mas cancelou o compromisso diante das dificuldades de fechar o novo formato do ministério. 

Detalhe do IBOVESPA. Clique para ampliar.

O gráfico diário do Ibovespa mostra um candle com massa, boa amplitude e volume acima da média.

O benchmark tem caminho livre para testar uma complicada região de resistência entre 45.278, 45.592 e 45.850.

Uma alta até a média móvel exponencial de 21 períodos é esperada e somente ali veremos a força do movimento.

Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário