quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Bom humor no exterior

Bom dia investidor!


Maioria das bolsas asiáticas fechou em alta.

Japão +0,46% e China -1,65%, quarta queda em cinco pregões.

Com exceção de Atenas, bolsas no velho continente operam em forte alta.

Inglaterra +0,96% e Alemanha +1,26%.

Futuros norte-americanos segue o mesmo ritmo.

Dow Jones futuro avança 0,72%; Nasdaq avança 0,97%; S&P500 ganha 0,89% às 9h30.

Cobre em baixa de 0,15% na Comex.

O preço do minério de ferro subiu 2,5% no mercado à vista chinês para US$ 56,4 a tonelada seca, de acordo com dados do The Steel Index. O valor segue a referência do insumo com teor de concentração de 62%, negociado em Tianjin, na China.

O índice dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços da China avançou de 51,8 em junho para 53,8 em julho, segundo a Caixin Media, divulgado nesta terça-feira pela Markit Economics. Leituras acima de 50,0 indicam expansão da atividade.

Já o PMI composto, que agrega números do setor de serviços e do manufatureiro, apresentou queda para 50,2 em julho, de 50,6 em junho.

Segundo Annabel Fiddes, economista da Markit, o bom resultado do setor de serviços foi apoiado por um aumento no volume de novos negócios em julho. Além disso, o número de novas encomendas acelerou para um ritmo sólido, o segundo maior em oito meses. "As evidências sugerem que uma demanda mais forte e ganho de novos clientes levaram ao aumento de trabalho dos prestadores de serviços", disse.

Petróleo em alta moderada em Londres e Nova York.

Nos Estados Unidos, o setor privado criou 185 mil empregos em julho; previsão de 215 mil.

No ambiente interno, destaque para os balanços corporativos agendados para hoje: Anima, Arezzo, BTGP Banco, Hering, CVC, Mills, Renova, Santos-Brasil, Sonae Sierra Brasil, Tereos, Totvs e Ultrapar.

O gráfico diário do ibovespa buscou suporte em 49.910 e deixou um candle de indefinição no diário.

Esse movimento pode ser interpretado como uma provável retomada da alta a partir de hoje.

Somente a perda de 49.910 em fechamento desanima a compra.

O mercado deverá caminhar rumo à tríplice resistência entre 51.020. 51.130 e média móvel exponencial de 21 períodos, verdadeira barreira e divisor de águas entre ursos e touros no curto prazo.




Bons negócios!
Wagner Caetano
Top Trader

Nenhum comentário:

Postar um comentário