terça-feira, 28 de julho de 2015

Dia de alívio no exterior

Bom dia investidor!

Ásia fechou em direções mistas. Japão -0,10% e China -1,68%Europa e futuros norte americanos em alta generalizada.

A volta das baixas no mercado de ações da China deve significar que o Banco do Povo da China (PBOC, na sigla em inglês) irá acelerar o afrouxamento monetário, disse o economista Tim Condon, do ING. Analistas veem bastante espaço para mais reduções no compulsório dos bancos, uma medida que liberaria dinheiro dos bancos para empréstimos. 

Após uma abertura em forte queda, Xangai reduziu as perdas com a reação de papéis financeiros, mas o receio da "bolha da China" deve se manter como risco adicional para os mercados no Brasil.

Na véspera das reuniões do COPOM e do FED, o DÓLAR não parece ter chance de uma correção mais firme, o que reforça as novas apostas de alta de 0,50 ponto da SELIC, enquanto o governo se lança num discurso vazio contra o pessimismo.

O governo da Grécia lançou ontem negociações complexas com seus credores, mas enfrentou o revés do vazamento da informação de que o ex-ministro das Finanças Yannis Varoufakis formou um comitê secreto para planejar a possível conversão de euros em dracmas. O ministro das Finanças, Euclid Tsakalotos, disse no fim da segunda-feira que as reuniões em Atenas começaram entre funcionários gregos e as equipes de negociação que representam os credores e que as conversas devem se intensificar nesta terça-feira, abrindo caminho para discussões de nível mais alto possivelmente no fim da semana.

Na agenda do dia teremos PMI industrial às 10h45 e índice de confiança do consumidor às 11h nos EUA.

Petróleo em baixa e cobre em alta, porém o óleo negro trabalha distante das mínimas, em recuperação.

Balanços corporativos para hoje: Duratex, Inds Romi e Pão de Açúcar.


O gráfico diário do ibovespa continua indicando sobrevenda e chances de um repique de curto prazo.

Temos um canal de baixa desenhado na imagem. O mercado encontra-se na linha inferior.

Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan


Nenhum comentário:

Postar um comentário