quarta-feira, 3 de junho de 2015

Grécia, ADP e Draghi são destaques

Bom dia investidor!

PMI de serviços (HSBC) subiu a 53,5 em maio na China, de 52,9 em abril, maior nível em 8 meses.

Japão fechou em queda de 0,34% e China caiu 0,01%, praticamente um fechamento lateral.

Europa e futuros norte-americanos em alta.

Petróleo e cobre em baixa.

O risco de um default na Grécia volta a surgir com força, nesta 4ªF, após os credores considerarem insuficiente a proposta apresentada pelo país para continuar recebendo ajuda.

Essa notícia e a agenda forte devem impor cautela aos mercados, na véspera do feriado.

O dia começa com o BCE e Draghi (9h30) e termina com mais uma alta na Selic.

Nos EUA, teremos a pesquisa ADP às 9h15 e o livro bege às 15h.

No cenário interno, destaque para os números do fluxo cambial às 12h30.

A primeira oferta pública inicial de ações de 2015 (IPO) captou R$ 602,8 milhões, ao preço de 12,33 por ação.

Trata-se da Par Corretora, cujas negociações terão início sexta-feira.

O gráfico diário do Ibovespa moatra um marobuzu de alta, candle firme com compra dominante da abertura até o fechamento.

Se a compra persistir a média móvel exponencial de 21 períodos será o alvo do movimento e ponto decisivo para indicar se é repique ou reversão de curto prazo.

Uma outra hipótese seria a alta continuar até a primeira retração de Fibonacci entre o último topo e o fundo formado essa semana, em 54.552.

As retrações de Fibonacci são pontos importantes para medir movimentos de repique após quedas intensas.



Bons negócios!
Wagner Caetano
Top Trader

Nenhum comentário:

Postar um comentário