sexta-feira, 26 de junho de 2015

China fecha em queda de 7,40%

Bom dia investidor!

Estrangeiros iniciam o pregão comprados em 50.752 contratos de índice futuro.

Na Ásia tivemos mais uma sessão de baixa, com fechamento de -0,31% no Japão e alarmantes -7,40% na China.

Europa trabalha sem direção única.

Não tivemos avanços nas negociações da Grécia com seus credores.

Amanhã haverá nova reunião marcada pelo Eurogrupo para discutir as negociações.

A Grécia precisa de um acordo com os credores até o dia 30, quando tem uma dívida de 1,55 bilhão de euros a saldar com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e também quando vence a porção da zona do euro no programa de ajuda de Atenas.

Os futuros norte-americanos trabalham em alta moderada.

Por lá teremos o índice de sentimento do consumidor às 11h.

Petróleo e cobre alternam entre altas e quedas moderadas.

No cenário interno, teremos a reunião do Conselho da Petrobras às 11h para discutir o Capex da estatal e ainda a repercussão do CMN, ontem à noite, de reduzir o teto da tolerância da inflação em 2017 de 6.5% para 6,0%.

A meta central foi mantida em 4,5%.

O Conselho Monetário também voltou a subir a TJLP/BNDES, de 6,0% para 6,5%, no terceiro trimestre.

O gráfico diário do Ibovespa mostra as médias móveis levemente inclinadas para venda após passarem dias dispostas de forma linear, refletindo a congestão atual do benchmark.

A perda de 53.510 (agora resistência) em fechamento, reforça as chances de um teste da banda inferior do movimento lateral, em 52.550.




Bons negócios!
Wagner Caetano
Top Trader

Nenhum comentário:

Postar um comentário