quinta-feira, 21 de maio de 2015

Ajuste fiscal e PMI chinês no radar

Bom dia investidor.

Estrangeiros iniciam o pregão comprados em 84.520 contratos de índice futuro.

Japão: + 0,03%.
China: + 1,87%.

Europa e futuros norte-americanos em baixa.

Petróleo em alta em Londres e Nova York.

Os pedidos de auxílio desemprego nos EUA subiram para subiram para 274 mil, previsão 271 mil.

A média móvel de pedidos feitos em quatro semanas tem o menor nível desde abril de 2000.

Minério de ferro recuou 0,3% para US$ 57,6 a tonelada na China.

PMI industrial preliminar (HSBC) subiu para 49,1 em maio no gigante asiático.

No cenário interno, o fluxo cambial negativo pela segunda semana seguida corrobora com o cenário de aversão de risco e queda das blue chips recente.

Possíveis atrasos no ajuste fiscal e boatos de aumento de impostos para bancos, eliminação dos juros sobre capital próprio e taxação de dividendos pressionam as ações.

O gráfico diário do IBOV mostra um OCO, padrão de reversão.



Bons negócios!
Wagner Caetano
Top Trader

Nenhum comentário:

Postar um comentário