sexta-feira, 10 de abril de 2015

Petrobras reafirma que balanços de 2014 não tem data definida

Bom dia investidor!

Japão fechou em baixa de 0,15% e China em alta de 1,94%.

Europa e futuros norte-americanos em terreno positivo.

Na China o CPI subiu 1,4% em março de 2015 ante igual mês de 2014, em linha com previsão, enquanto o PPI caiu 4,6% em março de 2015 ante igual mês de 2014. previsão -4,6%, sugerindo a continuação da política mais acomodatícia no país.

Petróleo e cobre em alta.

Nos EUA, conhecemos às 9h30 o índice de preços das importações, que caíram 0,3% em mar/fev; previsão -0,3%.

No cenário interno, veremos como o rebaixamento dos bancos pelo Credit Suisse vai repercutir no pregão que encerra a semana, uma vez que ontem seus ativos foram penalizados com pesadas ordens de venda.

A colocação do rating do Brasil em perspectiva negativa pela Fitch não surtiu efeito ontem, porque a Petrobras, juntamente com as empresas do setor educacional e exportadoras de papel e celulose seguraram as cotações.

gráfico diário do Ibovespa mostra cansaço na compra, com três pregões de indefinição.

A perda da região de 53.300, em fechamento, com penetração da média móvel exponencial de 5 períodos e do canal de alta, seria um sinal claro de queda para o curtíssimo prazo.





Bons negócios!
Wagner Caetano
Top Trader

Nenhum comentário:

Postar um comentário