terça-feira, 3 de março de 2015

Pintando o Sete Brasil?

Investidores estrangeiros iniciam o pregão dessa terça-feira comprados em 92.209 contratos de índice futuro.

As vendas no varejo na Alemanha cresceram 2,9% em janeiro ante dezembro, previsão de queda de 0,3%.

As bolsas no velho continente chegaram a trabalhar em alta, parte disso reflexo dos fechamentos históricos das bolsas norte-americanas, mas nesse momento, às 9h15 trabalham em baixa em sua maioria.

minério de ferro fechou em baixa de 0,8% cotado a US$ 62,3 a tonelada na China.

cobre para maio tem baixa de 1,71%, cotado a US$ 2,6515 por libra-peso na Comex.

Petróleo sobe 1,73%, a US$ 50,45 por barril na Nymex e avança 3,44%, a US$ 61,58 por barril na Ice.

No cenário interno, existe um problema grave e pouco comentado: seis bancos emprestaram cerca de R$ 12 bilhões à Sete de Brasil, empresa criada para gerenciar a contratação de plataformas para exploração do pré-sal pela PetrobrasMais da metade do valor emprestado não tem nenhuma garantia.

Se o Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú BBA, Santander e Standar Chartered exigirem o pagamento imediato, apenas R$ 4,5 bilhões têm garantias dadas pelo Fundo Garantidor da Construção Naval.

Quanto ao gráfico do Ibovespa, ontem tivemos confirmação da estrela cadente desenhada na sexta-feira, pois o fechamento foi abaixo da mínima da estrela: 51.474.

benchmark perdeu também a média móvel exponencial de 5 períodos e 51.240, agora resistências imediatas de houver algum repique.

Tem suportes em 50.885 (fundo de novembro), 50.973 (topo marcado no dia 26/12) e depois somente entre 50.260 e 50.280.

Imagem inline 1

Wagner Caetano
Top Trader

Nenhum comentário:

Postar um comentário