sexta-feira, 20 de março de 2015

Petrobras é destaque

Sexta-feira de compras no exterior.

Na Zona do Euro o superávit em conta corrente subiu a 29,4 bilhões de euros em janeiro.

Hoje a Grécia paga parcela de 340 milhões de euros de empréstimo ao FMI.

Nos Estados Unidos os futuros operam em alta, após a correção de ontem.

Petróleo trabalha em baixa de cerca de 1% em Londres e Nova York.

Na China o índice MNI de confiança de empresas caiu pelo 3° mês seguido em março.

minério de ferro subiu 0,9% e fechou cotado a US$ 55 a tonelada.

Petrobras deverá divulgar a o balanço do terceiro trimestre de 2014 ainda em março ou no início de abril.

A produção de óleo e gás da empresa caiu 1,5% em fevereiro ante janeiro.

O pregão dessa sexta-feira será decisivo para o Ibovespa no curto prazo.

O benchmark perdeu 51.240, em fechamento, e deixou um sinal de correção no gráfico diário, um harami de topo.

A perda de 50.900 sinalizaria baixa até as médias móveis, região de 49.890, onde tem forte suporte.

Caso trabalhe firme acima de 51.240, mostra força e tendência de continuar a escalada de curto prazo.




Wagner Caetano
Top Trader

Nenhum comentário:

Postar um comentário