terça-feira, 31 de março de 2015

Levy vai ao Senado

Bom dia investidor!


Estrangeiros atuaram na venda do índice futuro no pregão de ontem, diminuindo o saldo comprado de 81.602 para 79.147 contratos.

Japão fechou em baixa de 1,05% na mínima da sessão e China em desvalorização de 1,02%.

Futuros norte-americanos trabalham em terreno negativo, assim como a maioria das bolsas no velho continente.

Na Alemanha, as vendas no varejo caíram 0,5% em fevereiro e a taxa de desemprego para 6,4% em março, menor nível desde a reunificação.

Petróleo cai 1,93% na Nymex e 1,62% na Ice.

No cenário interno, teremos o ministro da Fazenda Joaquim Levy em audiência pública no Senado para discutir as diretrizes e perspectivas do Ministério da Fazenda para 2015.

gráfico do Ibovespa mostra que ontem tivemos um repique, sem volume relevante.


Porém, se romper e sustentar a alta acima de 51.240, abre espaço para testar a região das máximas da semana passada, ao redor de 52.300.

Se fraquejar e tivermos hoje uma sessão negativa, vai ceder para testar a LTB novamente como suporte.
Bons negócios!

Nenhum comentário:

Postar um comentário