sexta-feira, 6 de março de 2015

Compasso de espera pelo relatório de emprego nos EUA

Investidores estrangeiros iniciam o pregão comprados em 91.510 contratos de índice futuro.

Europa em alta refletindo o anúncio de que o Banco Central Europeu vai dar início a QE no dia 09 de março, injetando dinheiro na economia.

Na Alemanha, a produção industrial ajustada subiu 0,6% em janeiro ante dezembro, previsão de +0,5%.

PIB na Zona do Euro cresceu 0,3% no 4° TRI/2014 ante 3°TRI/2014 e 0,9% no 4°TRI/2014 ante 4°TRI/2013.

Na China, a redução da meta de expansão foi relativamente bem recebida pelo mercado.

Em 2015 os chineses esperam atingir um crescimento de 7,0%, abaixo dos 7,5% estabelecidos ano passado.
minério de ferro atingiu a sua mínima em série histórica cotado hoje a US$ 58,2.

No acumulado da semana o recuo foi de 7,6% e em 2015 amarga perdas de 18,2%.

dólar tocou barreiras psicológicas mundo afora e hoje o mais provável é uma sessão de correção técnica, com baixa da divisa.

cobre opera em leve baixa de 0,62%, a US$ 2,6360 por libra-peso, na Comex.

Na agenda do dia teremos o aguardado relatório de emprego nos EUA (PAYROLL) às 10h30 e o crédito ao consumidor às 17h.

Receios com a Líbia mantém petróleo em alta.

óleo negro sobe 0,39%, a US$ 50,96 por barril, na Nymex e 1,04%, a US$ 61,11, na Ice.

O gráfico diário do Ibovespa mostra o mercado em uma zona decisiva.

Marcando os extremos de ontem, para o lado que romper o benchmark seguirá no curtíssimo prazo: 50.734 e 50.114.




Wagner Caetano
Top Trader



Nenhum comentário:

Postar um comentário