quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Temporada de Balanços vai definir rumo do Ibovespa

Bom dia investidor!

O mercado doméstico está trabalhando numa típica congestão, zona de indefinição desde o início do ano.

Esse tipo de movimento precede uma tendência definida posterior, geralmente iniciada por algo relevante, um market mover poderoso, como foi o início da corrida eleitoral em março do ano passado, por exemplo.

Essa semana teve início no Brasil a temporada de balanços, vamos ver as cenas dos próximos capítulos.

Mais cedo foi divulgada a ata do Banco Central, referente à última reunião do Copom.

O balanço do Bradesco melhor que o esperado deverá agitar o setor financeiro.

Na Alemanha a taxa de desemprego ajustada caiu a 6,5% em janeiro.

Nos Estados Unidos teremos balanços de gigantes como Ford, ConocoPhilips, Amazon.com e Google, além dos pedidos de auxílio desemprego às 11h30 e vendas pendentes de imóveis às 13h.

A decisão do FED na tarde de ontem ainda vai repercutir nos próximos pregões, especialmente sinais, uma vez que as taxas de juros não foram alteradas.

gráfico do IBOV mostra um movimento lateral, que tem forte suporte na região de 47.260 e resistência em torno de 50.280, a máxima do ano.

Somente o rompimento de um desses pontos mostrará o caminho do mercado doméstico no curto prazo.

Esse tipo de cenário (lateral) é o mais desafiador para os investidores, porém uma vez definido permite surfar uma onda maior de mais calma.

Se for para cima vai privilegiar o investidor médio, comum, que busca na bolsa maior rentabilidade ciente dos riscos, porém se for para baixo pede maior preparo para proteger a carteira e operar na ponta vendedora.


Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário