sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Morte do Rei Abdullah da Arábia Saudita mexe com as cotações do petróleo

BCE finalmente anunciou ontem o aguardado relaxamento quantitativo.

As compras deverão se estender até pelo menos setembro de 2016, num total de 60 bilhões de euros por mês em títulos soberanos e corporativos a partir de março desse ano.
Na China, o PMI industrial preliminar (HSBC) subiu para 49,8 em janeiro, de 49,6 em dezembro.

O falecimento do Rei Abdullah da Arábia Saudita trouxe alta ao petróleo, que opera em valorização desde que foi anunciado o fato.

Ele tinha 91 anos e o príncipe Salman foi declarado o novo rei do país.

Hoje o setor educacional deverá continuar no radar dos investidores com grande destaque.

Ministro Cid Gomes afirmou que vai exigir mais rigor das universidades em relação ao Fies e defendeu a medida que restringiu o Fies a estudantes com nota superior a 450 pontos no Enem.

Representantes das grandes companhias do setor (Kroton, Estácio, Anima, Ser Educacional, Laureate e Devry) estiveram em Brasília para tratar do assunto.

Investidores estrangeiros iniciam o pregão comprados em 81.327 contratos de índice futuro.
Ainda no âmbito doméstico, o dólar segue em queda, com o fluxo cambial recente positivo, fruto das medidas de ajuste fiscal que estão sendo implementadas pela nova equipe econômica.

Ibovespa se manteve ontem acima de 48.722 e das médias móveis, que estão inclinadas para cima.

Ontem não conseguiu se sustentar acima da resistência 49.890 e sentiu a região de 50.260 na primeira batida (máxima do ano), ponto que libera compra mais consistente.

A expectativa é de uma sessão positiva para essa sexta-feira, com alta moderada refletindo o exterior, China, estímulos europeus e maior confiança nos ativos domésticos.



Wagner Caetano
Top Trader

Nenhum comentário:

Postar um comentário