segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Grécia e Relatório Focus em destaque

Bom dia investidor!

Eleições na Grécia no radar. 

Syriza venceu e fez acordo prévio com partido de direita para formar coalizão de governo.

As bolsas no velho continente trabalham em sua maioria em alta, porém as commodities ainda persistem no viés baixista.

Tudo indica que as medidas de estímulos do BCE irão manter o apetite ao risco na Europa.

Na Alemanha o índice IFO de sentimento das empresas subiu a 106,7 em janeiro, previsão de 106,5os futuros norte-americanos trabalham em leve baixa e na agenda do dia teremos o índice de atividade das empresas em janeiro divulgado pelo FED de Dallas às 13h30.

No Brasil, a semana marca o início da temporada de balanços corporativos, o que certamente vai agitar e ditar uma tendência para os negócios.

O relatório Focus divulgado há pouco será digerido ao longo do pregão.

Apontou IPCA de 6,67% para 6,99% em 2015 e expensão do PIB de 0,38% para 0,13% em 2015.

Quanto ao gráfico do Ibovespa, a queda de sexta-feira foi com volume reduzido, portanto se houver reação no pregão de hoje especialmente com volume um pouco maior e respeitando o suporte na região de 48.722 a trajetória ascendente poderá continuar.

O ponto que libera alta de fato no mercado doméstico é  50.280, máxima do ano e região que segurou o mercado duas vezes esse ano.

Vale salientar que o cenário externo, apesar das correções que são normais dentro de um mercado comprador, é de alta, tanto na Ásia, Europa quanto nos Estados Unidos.

No Brasil o mercado está represado por problemas internos e pelo ciclo de baixa das commodities.

Como as medidas de estímulos já foram anunciadas na Europa, é provável que em breve o aguardado relaxamento monetário seja divulgado na China, o que seria positivo para a o Brasil.



Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário