sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Efeito FED ainda repercute nas bolsas mundo afora

Bom dia Investidor!

Na rolagem do índice futuro na quarta-feira, os investidores estrangeiros aumentaram o saldo comprado de 49.755 para 108.925 e ontem diminuíram de leve para 106.734.

Isso mostra apetite comprador e visão de oportunidade no momento atual do mercado doméstico, descolado das bolsas internacionais que trabalham em tendência de alta firme.

A baixa do dólar nas últimas duas sessões também reflete menor aversão ao risco e entrada de fluxo no Brasil.

Está no radar dos investidores nomes para substituir Graça Foster no comando da Petrobras.

Nildemar Secches e Rodolfo Landim são os nomes do momento.
Na Alemanha, o índice GFK de confiança dos consumidores subiu para 9,0 em dezembro, previsão de 8,8.

Petróleo opera em alta na ICE e NYMEX e anima o índice futuro na abertura dos negócios por aqui.

gráfico do IBOV mostra dois fatos importantes: no dia da sinalização do possível fundo (16/12) e na quarta-feira, quando tivemos vencimento do índice futuro e forte alta, confirmando o sinal para um repique de curto prazo, o volume foi maior do que a correção de ontem, mostrando mais força da compra no momento, além disso percebemos que a região de 48.722 é forte barreira, portanto se rompida em fechamento, vai atuar como suporte e sustentar um teste de 48.890 e depois da média móvel exponencial de 21 períodos, onde o benchmark terá prova de fogo e saberemos se o movimento é apenas uma correção da tendência de baixa ou um repique consistente, com possível reversão.



Bons Negócios
Wagner Caetano
Top Trader

Nenhum comentário:

Postar um comentário