sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Petrobras adia o balanço do terceiro trimestre

Exterior sem direção única.

Japão renovou máxima, futuros norte-americanos operam com valorização e Europa com leve baixa.

Divulgação de PIBs da Zona da Euro impactam as cotações.

Na China a base monetária cresceu 12,6% em outubro ante outubro de 2013, previsão de +12,9%.

Nos EUA, teremos vendas no varejo às 11h30 e índice de sentimento do consumidor às 13h00.
Balanços corporativos previstos para hoje: BHG, Kroton e Paraná Banco.

O anúncio do Ministro da Fazenda continua a ser o principal driver das cotações no mercado doméstico.

Porém hoje temos um fator adicional: o balanço trimestral da Petrobras foi adiado.

O que a companhia informou oficialmente é que não existe uma data definida, que a data será divulgada 15 dias antes dos números, que as agências de risco serão informadas sobre os motivos e que o call de abertura das ações será postergado, sem horário definido.

mercado futuro trabalha em baixa nesse momento, precificando uma abertura caótica.

Como a volatilidade é grande, ao longo do dia a queda poderá acelerar ou mesmo uma recuperação poderá acontecer.

Será uma sexta-feira atípica quanto a volume e agitação.



Wagner Caetano
Top Trader

Nenhum comentário:

Postar um comentário