quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Mercado espera por “novo” Ministro da Fazenda

Europa trabalha com viés levemente positivo recebendo relativamente bem a ata do BOE.

Nos EUA teremos construções de moradias iniciadas às 11h30, estoques de petróleo do DOE às 14h30 e a Ata da última reunião do Fomc às 17h.

Na China, o preço do minério de ferro voltou a cair e bateu no suporte de US$ 70/ton, baixa de 2,9%, penalizando ações de siderurgia e especialmente mineração.

O movimento é especulativo e em breve deverá formar fundo.

Na agenda doméstica, teremos o amplamente esperado fluxo cambial às 12h30.

A pauta do dia continua sendo a Petrobras e o anúncio do Ministro da Fazenda.

Ontem ventilou-se a notícias que haverá uma dobradinha Tombini-Meirelles, sendo o primeiro na Fazenda e o segundo no Banco Central.

O nome deverá ser conhecido ainda essa semana.

Analisando o gráfico diário do IBOV, podemos afirmar que, superando 52.710 em fechamento no pregão de hoje, teremos teste do decisivo 54.628 nos próximos dias.

Se o fechamento ainda contemplar o rompimento da média móvel exponencial de 21 períodos, a linha vermelha no gráfico, as chances aumentam de isso ocorrer na sexta-feira ou na segunda.


Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário