segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Pânico ou oportunidade?

Os brasileiros optaram pela continuidade.

Temos um país geograficamente dividido ao meio.

A presidenta Dilma terá o desafio de negociar com 28 partidos e com quase metade do eleitorado descontente, na disputa mais acirrada da história recente da nossa democracia.

Falando do mercado financeiro, repetiria a equipe econômica os mesmos erros do primeiro mandato?

Nossos ativos, “baratos” em relação aos seus múltiplos internacionais, estariam em liquidação ou ainda tem espaço para afundar, numa fuga do capital estrangeiro que sempre mostrou aversão ao governo atual.

circuit breaker, tido como certo para hoje, não ocorreu tampouco vai ocorrer.

Uma queda de 15%, apontada pelos analistas como certa para hoje, está longe de ser concretizada.

Quem opera para longo prazo pode estar diante de uma oportunidade, basta encher o carrinho e colocar o stoploss um pouco abaixo das mínimas de hoje.

Quem está vendido deve diminuir a sede pelo sangue que sai da tela e embolsar pelo menos uma boa parte do lucro.

fechamento de hoje será a maior pista para o curto prazo no mercado doméstico.

gráfico diário do Ibovespa mostra que 49.890 é um ponto chave, capaz de cravar um suporte importante ou sinalizar que iremos afundar até 44.900.



Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário