quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Referendo na Escócia e Datafolha são os assuntos do dia

Europa e Estados Unidos em alta.

Comunicado do FED foi bem digerido pelo mercado, pelo menos por enquanto.

Referendo na Escócia sobra a independência do Reino Unido é o assunto do dia no velho continente e a disputa deverá ser voto a voto.

Uma vitória do sim poderá abrir precedentes para países como Bélgica e Espanha.

Petróleo e metais trabalham em queda.

minério de ferro caiu na China para US$ 83 a tonelada, queda de 1,4%, após dados fracos do setor imobiliário chinês.

Vale lembrar que a máxima do ano foi marcado em janeiro quanto o metal tocou US$ 135 a tonelada e o piso semana passada, negociado a US$ 81,9 na China.

A influência é direta nas ações da Vale, Gerdau, CSN e Uniminas.

Na agenda do dia teremos nos EUA dados da construção às 9h30 e índice de atividade do FED da Filadélfia às 11h.

No Brasil, expectativa pela pesquisa Datafolha, que poderá ser divulgada a partir de hoje.

Abaixo temos o gráfico diário do míni-dólar futuro contrato WDOV14, que rompeu um pivot de alta ontem e hoje está acima de 2.367, ponto capaz de impulsionar a moeda até 2.403 no curtíssimo prazo.

Vale citar que os investidores estrangeiros iniciaram a semana comprados em 83.418 contratos de índice futuro e hoje abrem o pregão com saldo comprado de 69.195, corroborando com a alta do dólar.


Bons negócios!

Wagner Caetano
Cartezyan

Nenhum comentário:

Postar um comentário